Por tabata.uchoa

Rio - Monica Iozzi e Otaviano Costa criticaram as declarações feitas por Ed Motta no Facebook durante o "Vídeo Show" desta sexta-feira. Na quinta, o músico anunciou sua turnê na Europa e avisou que não falará português nos shows. Ed Motta ainda falou que o público brasileiro que vai aos seus shows no exterior geralmente é mais culto.

Ed Motta diz que não vai falar português em seus shows

Ed MottaReprodução

Otaviano e Mônica discutiram o assunto no programa e ainda compararam Ed Motta a personagem Odete Roitman, vilã da novela "Vale Tudo", que criticava costumes do Brasil. "Quer saber de uma coisa? Eu li o texto inteiro e achei muito deselegante. A gente conhece um alguém que, infelizmente, concorda com ele", disse Otaviano. "Uma pessoinha aos redores da Globo que concorda com você", completou Monica. "Grande Ed Roitman", brincou o apresentador.

Confira a íntegra do comentário de Ed Motta:

Conforme venho avisando aqui nos últimos 3 anos, eu agradeço e fico honrado em ser prestigiado pela comunidade brasileira, mas é importante frisar, não tem músicas em português no repertório, eu não falo em português no show... Preciso me comunicar de forma que todos compreendam, o inglês é a língua universal, então pelo amor de Deus, não venha com um grupo de brasuca berrando "Manuel" porque não tem, e muito menos gritar "fala português Ed"... O mundo inteiro fala inglês, não é possível que o imigrante brasileiro não saiba um básico de inglês. A divulgação da gravadora, dos promotores é maciça no mundo Europeu, e não na comunidade brasileira. Verdade seja dita, que meu público brasileiro de verdade na Europa, é um pessoal mais culto, informado, essas pessoas nunca gritaram nada, o negócio é que vai uma turma mais simplória que nunca me acompanhou no Brasil, público de sertanejo, axé, pagode, que vem beber cerveja barata com camiseta apertada tipo jogador de futebol, com aquele relógio branco, e começa gritar nome de time. Não gaste seu dinheiro, e nem a paciência alheia atrapalhando um trabalho que é realizado com seriedade cirúrgica, esse não é um show para matar a saudade do Brasil, esse é um show internacional. Que desagradável ter que toda vez dar explicações, e ter que escrever esse texto infame...



Você pode gostar