SBT terá que indenizar homem que teve o dedo decepado no 'Ratinho'

Participante, que entrou em processo contra a emissora em 2013, irá receber R$ 40 mil por danos físicos e morais

Por O Dia

São Paulo - Sempre polêmico, o "Programa do Ratinho" está envolvido há tempos em processos judiciais por conta das confusões apresentadas no palco. Desta vez, a atração do SBT terá que indenizar em R$ 40 mil um participante que teve o dedo decepado em 2012, durante a gravação do programa.

De acordo com informações da coluna Outro Canal, da Folha de S. Paulo, o homem participou do quadro “Vem quem Quer”. No show de talentos, a pessoa se apresenta e pode receber um valor em dinheiro caso seu número agrade. Mas se a apresentação não for legal, uma giantesca mão gorila o puxa para fora do palco.

SBT terá que indenizar em R$40 mil participante que teve o dedo decepadoDivulgação

Acontece que, ao ser puxado pelo braço mecânico, o porteiro Gilson Francisco Araújo de Oliveira teve parte de seu dedo decepado. Como consequência do acidente, precisou se submeter a uma amputação, ficando três dias internado e outros 50 afastado do trabalho.

A emissora pagou os medicamentos, curativos e transporte para a fisioterapia do participante, mas defendeu que o acidente aconteceu por culpa exclusiva de Gilson, que sabia como funcionava o programa.

Gilson entrou com uma ação na Justiça em 2013, acusando o SBT pelos dados estéticos e morais sofridos e pediu indenização de R$ 160 mil. O participante ganhou a causa e o juiz ordenou que o canal de Silvio Santos pague R$40 mil ao porteiro. Insatisfeitos, os dois lados anunciaram que vão recorrer da decisão.

Últimas de Televisão