Vem aí ‘Miles do Amanhã’, novo desenho da Disney para a TV

Animação estreia hoje no Disney Junior e criador da animação conta que usa a inteligência para entreter

Por O Dia

Burbank, EUA - Em um mundo cheio de smartphones e conteúdos oferecidos pela internet não é tarefa fácil entreter as crianças com desenhos, admite Sascha Paladino, criador e produtor executivo da série ‘Miles do Amanhã’, que estreia hoje no canal Disney Junior. Mas isso não é motivo de preocupação para Sascha, que tem certeza de que sua série vai conquistar, e muito, os pequenos. 

‘Miles do Amanhã’ estreia hoje no Disney Junior investindo em muita aventura%2C ação e nada de violênciaDivulgação


O produtor ainda faz questão de explicar que a Disney se preocupa cada vez mais com a interatividade e está investindo para atuar em diferentes plataformas.

“Queremos que a série seja multimídia. A Disney está trabalhando muito para garantir que a ‘Miles do Amanhã’ possa ser bem explorada. Temos aplicativos com brincadeiras e vídeos. Uma das coisas mais legais que presenciei foi ver meus filhos interpretando os personagens de ‘Miles’ nos joguinhos”, conta Sascha, em entrevista exclusiva ao DIA, durante uma visita ao escritório de produção da série, em Burbank, nos Estados Unidos.

Composta por 60 episódios de 11 minutos, a animação é uma aventura intergaláctica que acompanha as missões espaciais do jovem Miles Callisto e sua família. Dá para entreter crianças sem o uso da violência nos desenhos, é o que garante Sascha.

“As histórias não têm conflitos violentos, mas as crianças adoram. Isso vai de contra a tudo que se ensina sobre criação de roteiro, mas acredite, funciona. Se você consegue fazer séries que sejam interessantes e divirtam sem usar a violência, é o que vou fazer. Uso métodos inteligentes. Quando meus filhos veem coisas de ninjas, eles tendem a brigar, isso os deixa agitados e violentos, não quero isso para eles, pelos menos não no período da infância”, explica o produtor.

Amante de assuntos sobre galáxias, Sascha confessa que se inspirou em ‘Star Trek’, ‘Star Wars’ e o livro ‘O Guia dos Mochileiros das Galáxias’ para criar sua produção. “Queria ser astronauta quando criança. Eu sempre viajei muito, conheci muitos lugares e achei que a paternidade fosse acabar com as chances de eu me aventurar. Mas isso não aconteceu. Vi que tudo ao lado da família fica muito melhor. Por isso, que eu criei um desenho onde o protagonista desbrava tudo ao lado dos pais”, ressalta.

Últimas de Televisão