‘A Revolução Americana’ destaca importância dos coadjuvantes da guerra

Série conta a história de heróis anônimos da independência dos Estados Unidos

Por O Dia

Rio - A independência dos Estados Unidos, comemorada em 4 de julho, ainda é assunto nos canais por assinatura. Amanhã, a partir das 22h, o Discovery Civilization estreia a série ‘A Revolução Americana’, que reconstitui os principais eventos que levaram ao processo revolucionário do país. Só que, em vez de personagens históricos como George Washington e Benjamin Franklin, a produção destaca heróis anônimos que raramente são citados e caíram no esquecimento. 

Série reconstitui participação de anônimos no processo revolucionárioDivulgação


Em episódios com uma hora de duração, a série volta ao passado com dramatizações baseadas em depoimentos de autores como Lars D.H. Hedbor e Lora Inner; os professores Dr. H.W. Brand e Dr. John Patrick Mullins; e o historiador Jaffrey Clarke.

São lembrados fatos como o Massacre de Boston, cidade onde começou a revolta dos colonos contra o império britânico, e a morte de Christopher Seider, de 11 anos, em meio a uma multidão de revolucionários, o que serviu de estopim para o conflito. O médico Joseph Warren socorreu o garoto. Um dos heróis anônimos, ele foi um dos articuladores do movimento pela independência junto a grupos radicais.

Últimas de Televisão