Visky e Lourdeca têm uma noite de sexo quente em ‘Verdades Secretas’

O DIA acompanhou as gravações e os atores contam como foi esse encontro: pelo visto, foi bom para os dois

Por O Dia

Rio - Abafa! Em ‘Verdades Secretas’, Visky (Rainer Cadete) deixa a implicância com Lourdeca (Dida Camero) de lado e a leva para a cama no capítulo que vai ao ar hoje. Detalhe: o bofe tem pegada e sabe direitinho como saciar os desejos de uma mulher. Quem dá o serviço completo da transa é a intérprete da personagem que vive sendo chamada de ‘baleia’ pelo booker da Fanny Models. “Visky manda bem, vira homem quando quer (risos). Ele beija bem, mas a Lourdeca é mais ativa, dá no couro. A cena é quente, sensual, tem pegação. O Visky paga bunda, mas eu não pago peitinho, não”, adianta Dida. 

Lourdeca e Visky no dia seguinte da transa Divulgação


A equipe do DIA acompanhou a gravação da cena que mostra o dia seguinte do casal. Na sequência que vai ao ar quinta-feira, Lourdeca diz a Visky: “Essa foi a pior noite da minha vida”. A resposta é à altura: “Suas palavras são um alívio para mim.” A troca de insultos, tão comum nessa relação, é da boca para fora. Fica evidente que os dois viveram momentos de intenso prazer. “O Visky acordou com uma pele maravilhosa no dia seguinte”, brinca Rainer. Visitar o dermatologista é coisa que Lourdeca também não está precisando. “Foi uma noite de amor. E não fica numa vez só não. Eles vão ter uma relação mais íntima. Mas é claro que fica uma situação tensa porque eles não querem que ninguém na agência saiba o que rolou entre eles. O dia seguinte é uma loucura, eles custam a acreditar que aquilo aconteceu. A vida sempre nos surpreende, né?”, comenta a atriz.

Mesmo com a pública e notória orientação sexual de Visky, seu intérprete não fica surpreso com a noite de amor. Para Rainer, que levanta a bandeira de uma liberdade sexual plena, desprovida de rótulos,“o Visky é muito livre para caber dentro dessas definições. Ele não vai ser hétero, nem gay. Vai ser ele.”

Dida tem um discurso parecido com o de Rainer, mas discorda do colega de elenco em um aspecto. “O Visky é gay, mas o fato de ser gay não o impede de querer outras coisas. Ele pode ter uma preferência, mas, hoje em dia está todo mundo aberto. Está tudo tão difícil, né? Não tem mais essa se é homem, se é mulher. Hoje em dia, as pessoas são livres para escolherem o que quiserem para as suas vidas. Torço para essa história virar namoro. O que importa se o Visky é gay? Depois da quinta dose, ninguém mais tem sexo”, acredita.

De fato, é a danada da cachaça, ou melhor, da vodca que aproxima Visky e Lourdeca. “Graças à vodca, eles acabam se relacionando. Na verdade, eles se encontram dentro da solidão de cada um e aquela implicância vai se transformando em tesão”, teoriza Dica, seguida por Rainer. “Acho que tem um pouco daquilo do ‘quem desdenha quer comprar’. Me parece que ele tem tesão pela Lourdeca.”

Ainda assim, o booker da novela das 23h não perde a chance de pisar na sua mais nova ‘ficante’, chamando-a de ‘baleia’ a todo instante. “A Lourdeca não está nem aí para o fato de ser gorda, mas se aborrece com o Visky e o espinafra. Eu nunca passei por isso na minha vida. Aliás, não tenho nada da Lourdeca. Até já tive um relacionamento com um amigo e ficamos juntos uns seis meses. Mas sou diferente dela, casei cinco vezes, sou uma moça séria”, diverte-se.

Séria e amiga. Se em ‘Verdades Secretas’ Lourdeca e Visky vivem em pé de guerra e agora andam até se pegando, na vida real não tem essa de romance, mas a amizade entre os atores é verdadeira e vai muito além dos muros dos estúdios do Projac. “A minha relação com o Rainer é incrível, a gente volta todo dia para casa junto. Ele é uma pessoa muito bacana. Que bom que é com o Rainer que eu estou fazendo esse trabalho. A gente sai à noite juntos, fora que ele é o maior gatinho (risos). Eu me dei bem”, brinca.

Últimas de Televisão