Dr. Rey: 'Meu pai me odiava porque eu era feio e sempre me batia'

Cirurgião plástico falou sobre a infância para Danilo Gentili no 'The Noite'

Por O Dia

São Paulo - Robert Rey contou a Danilo Gentili no programa "The Noite", exibido na madrugada desta sexta-feira, as dificuldades que passou na infância. O Dr. Hollywood relembrou que apanhava do pai, que passou a ser agressivo depois de lutar na Segunda Guerra Mundial pelos EUA. 

"Ele preferia as crianças loiras da família, me odiava porque eu era feio e sempre me batia. Ele me fazia ficar em um quarto escuro e dizia: 'Você é um perdedor, você não vai ser nada, nunca vai conquistar nada na vida'", revelou.

Dr. Rey contou que seu pai lhe batia porque o considerava uma criança feiaReprodução Internet

Depois, Dr. Rey relatou que foi adotado por uma família americana de missionários mórmons e foi morar nos Estados Unidos. "Eu sou o perdedor com mais sucesso no mundo. Eu fui o último a aprender a ler no colégio. Eu tentei seis vezes entrar em Harvard até conseguir. A minha melhor amiga foi a dor. Se eu fosse filhinho de papai, estaria na Cracolândia", analisou.


Últimas de Televisão