Telefone de Fátima toca ao vivo e interrompe desabafo de Ana Maria Braga

Apresentadora do 'Mais Você' foi convidada do 'Encontro' e falava sobre seu problema de saúde quando foi interrompida

Por O Dia

Rio - Ana Maria Braga foi uma das convidadas do programa "Encontro com Fátima Bernardes" nessa segunda-feira e foi interrompida pelo celular de Fátima Bernardes durante sua entrevista. Enquanto a apresentadora do "Mais Você" falava sobre sua luta mais recente contra um câncer de pulmão descoberto em agosto de 2015, o toque do aparelho de Fátima a interrompeu e a comandante do programa tirou um tempo para justificar.

Ana Maria Braga fazia relato emocionado sobre o câncer de pulmão que descobriu quando foi interrompida pelo celular de Fátima BernardesReprodução Internet

"Foi a formatura dos meus filhos. Deixo sempre o telefone sem som, eles viraram a madrugada e queria que qualquer mensagem eu ouvisse", contou. Fátima ainda pediu para que não ligassem para ela durante o programa e completou: "Não deve ser uma pessoa amiga porque não sabe que não posso atender agora". 

"Anjo da Guarda"

Como mencionado na segunda-feira quando Ana Maria falou pela primeira vez sobre o câncer de pulmão, ela reafirmou a importância de seu namorado Bill em descobrir a doença.

"Ele é um anjo da guarda, eu não faria os exames. Faço anuais já faz 12 anos, faço de manutenção e tinha feito há uns 8 meses e não tinha nada. Mas ele insistiu muito dizendo 'Quero teste de esforço, tem que fazer mais, mas não marca quando eu não estiver aqui'. Dois meses depois que ele insistiu foi que consegui marcar, fui a São Paulo, fiz o exame. E como é tórax aparece tudo. Foi aí que o médico descobriu", contou.

"Se eu tivesse deixado, se não tivesse feito o exame naquele momento, no final de agosto, se tivesse deixado para abril muito provavelmente eu teria um problema muito grande. Graças ao Bill não tive que fazer quimioterapia, radioterapia. Tirei e estou absolutamente curada.", completou a apresentadora.

Ana Maria já passou por um câncer de pele em 1991 e outro, na região anal, em 2001.

Últimas de Televisão