Juliana Paiva vive sua primeira vilã em 'Totalmente Demais'

Atriz decidiu dar uma pitada de humor no seu papel de malvada na TV e viu que deu certo: ‘Sou meio palhacinha’

Por O Dia

Juliana Paiva interpreta a Cassandra em 'Totalmente Demais'Divulgação TV Globo/Sergio Zalis

Rio - A intimidade que Juliana Paiva, 22 anos, tem com o mundo da moda causaria inveja em Cassandra, a vilãzinha cômica de ‘Totalmente Demais’. Mas se pudesse bater um papo com sua intérprete, talvez a carismática personagem da novela das 19h não cometesse os equívocos que fazem parte da sua rotina.

Ao contrário da atriz que deu os primeiros passos na carreira de modelo ainda criança e que batalhou para conquistar o seu lugar ao sol, a nada discreta moradora do Bairro de Fátima quer simplesmente aparecer, nem que para isso tenha que passar por cima de quem ousar cruzar o seu caminho.

“Essas pessoas que buscam a fama pela fama existem. Mas por trás das loucuras que a Cassandra faz para se exibir tem o sonho de uma menina que quer ser modelo, uma inocência que de alguma forma está ali. Torço para que a Cassandra realize o sonho dela, mas que entenda que fama é consequência de um trabalho. A fama pela fama não me interessa”, diz, completando.

“Sempre entendi que tem muita gente sonhando os mesmos sonhos, que era preciso estudar, correr atrás e que, mesmo assim, quando não estivesse em frente às câmeras, quando as luzes apagassem, eu seria apenas a Juliana Paiva dos Santos, a filha do Gil e da Cristina.”

Já nos estúdios de ‘Totalmente Demais’ e com os holofotes brilhando em sua direção, sai a simplicidade de Juliana e entra a falta de limites de Cassandra, a rival da mocinha Eliza (Marina Ruy Barbosa). Mas o antagonismo da aspirante a modelo, que será eliminada em breve do concurso organizado pela revista feminina que dá nome à trama de Rosane Svartman e Paulo Halm, não trouxe dores de cabeça à sua intérprete, que nem de longe corre o risco de apanhar na rua.

“A Cassandra é aquela pessoa amoral que tem muito humor. Foi na comédia que encontrei a saída para não ficarem com raiva de mim. Estou me divertindo nesse trabalho porque fazer uma vilã cômica é interessantíssimo. Mas, um dia, quero fazer uma vilã bem má”, torce.

Enquanto a maldade não vem em quantidades absurdas, Juliana aproveita para emprestar um pouco da sua leveza a Cassandra. “Sou meio palhacinha. Eu sou aquela que conta história em uma mesa cheia de gente e todo mundo ri. Descobri uma veia cômica que não sabia que eu tinha”, comenta.

Do universo fashion, Juliana é velha conhecida. E como ‘Totalmente Demais’ gira em torno dos bastidores do mundo da moda, a atriz está ainda mais ligada nas tendências que são ditadas nas passarelas. “Eu gosto de saber o que está acontecendo no mundo da moda porque trabalho com imagem. Mas visto o que eu quero, não o que está nas passarelas. Eu uso a moda, não é a moda que me usa”, frisa.

Como não é escrava da ditadura fashionista, dá para escapar dos apelos do mercado sem grandes sacrifícios. “Não sou consumista, não gasto muito com roupa. Acho a maior bobagem a gente não poder repetir roupa em eventos. Mas não tem jeito. A gente repete roupa na vida o tempo todo, mas nos eventos não dá para repetir”, lamenta.

Vaidade também é artigo a ser consumido com moderação. “Gosto de estar cheirosa, bem arrumada, mas não sou aquela perua que demora horas para sair de casa porque está se maquiando. Gosto de ter momentos com maquiagem porque trabalho com imagem, mas gosto de ter momentos de cabelo preso, sem maquiagem e de chinelo de dedo. Sou vaidosa na medida certa”, acredita.

E a tal medida certa permite que Juliana não descuide da boa forma. “Pratico treino funcional quatro vezes por semana com o meu personal, também faço exercícios aeróbicos e musculação, mas minha maior preocupação é com a saúde”, afirma.

Linda e bem-sucedida, Juliana, demonstrando timidez ao se recusar a revelar o seu atual estado civil, tem sonhos comuns a maioria das mulheres, mas sem pressa de realizá-los. “Sou romântica, quero casar e ter filhos, mas só quando encontrar a pessoa que eu tiver certeza de que é a certa para mim. Casar e ter filhos são decisões que não devem ser tomadas por impulso. Tudo tem seu tempo.” 

Últimas de Televisão