Quem pode ser o grande vencedor do BBB?

Dona Gê, Cacau, Matheus, Munik, Renan ou Ronan: quem tem mais chances de levar o R$ 1,5 milhão para casa?

Por O Dia

Rio  - Depois da exclusão de Ana Paula que, apesar de controversa, tinha fãs suficientes para fazê-la ganhar o R$ 1,5 milhão em disputa, nenhum outro participante se mostrou forte em paredões para roubar seu título de provável campeã - até porque entre os sobreviventes, apenas Ronan e Munik já estiveram na berlinda: um em um paredão falso e a outra em um triplo, ao lado de Ana.

Sem números suficientes para mostrar a força de cada um, o iG Gente reuniu alguns motivos pelos quais cada um dos brothers pode se tornar o novo vencedor do "Big Brother Brasil".  

Geralda

Seria a primeira idosa a vencer e, sem dúvidas, faria por onde. A senhora conquistou o público logo que entrou no programa, ainda no andar de cima da casa, só pelo fato de que tirava os chinelos para pisar no tapete. Nas horas seguintes, fumou muito, falou muito e até fez seu companheiro Matheus levantá-la nas costas enquanto fazia flexões. Depois de cair no gosto popular e ser votada para de fato entrar no jogo, Dona Gê, como é carinhosamente chamada, não decepcionou: jogou muito, bebeu muito -- até dar vexame --, fez barraco, escolheu lados e não deixou, em momento nenhum, sua idade levar a melhor, provando que já estava mais do que na hora de o BBB investir - de verdade - em participantes de sua faixa etária. 

GeraldaDivulgação


Maria Cláudia

Segundo seus fãs, Cacau tem “uma cabeça muito madura e decidida para a idade” e muitos acham que, apesar de formar um casal na casa costumar ser um bom plano, o relacionamento dela com Matheus apenas a prejudicou, o que não pode ser negado. Com mais baixos do que altos, Maria Claudia passou boa parte do confinamento chorando pelos cantos por causa de Matheus, o que não passou a melhor das impressões para o público. Porém, se a grande maioria dos telespectadores acham ela infantil ou muito chorona, seus fãs de antes - em seu canal de YouTube, antes do confinamento, Cacau já tinha mais de 60 mil inscritos. Hoje o número passa de 300 mil - e durante o confinamento podem salvá-la por mais tempo do que se imagina. 

Maria Claudia Reprodução/ TV Globo

Matheus

Tem pinta de campeão desde o primeiro dia. Simpático, bonito, jeitinho de moço do interior e do jeito que o Brasil adora premiar. Logo de cara, o moço engatou um romance com Cacau -- que muitos consideraram ser apenas estratégia de jogo por ela "não estar dentro dos padrões de beleza" --, o que costuma ser uma boa jogada, já que aqueles que formam casais na casa costumam ser mais memoráveis. Apesar disso, Matheus pode ter se queimado um pouco ao não escolher lados em uma casa polarizada e, mais do que isso, ser taxado como “duas caras” e “leva e trás”, característica que já prejudicou -- e muito -- participantes de outras edições. Entretanto, seu carisma ainda pode lhe somar muitos pontos, se sobressair e levar o moço até a reta final. 

MatheusReprodução

Munik

Versão feminina de Matheus, Pequi, como é conhecida, também tem tudo para ser coroada campeã. Apesar de ter se aliado com uma das mais controversas participantes do BBB até hoje, a amizade com Ana Paula não parece ter prejudicado a goiana aos olhos do público. Simpática, bonita, engraçada e sem medo de ir atrás do que quer -- vide suas investidas em Renan --, em seu primeiro paredão Munik somou menos de 10% dos votos em todas as regiões disputadas. Depois de uma ótima média, é difícil que o público mude de opinião nas próximas semanas, o que deve dar uma grande chance de Pequi chegar até a final e, por que não, ganhar. 

MunikReprodução Internet

Renan

Por ter batido de frente com Ana Paula tantas vezes, Renan conquistou a simpatia daqueles que também consideravam a sister insuportável, desequilibrada e todos os outros adjetivos que recebeu durante o confinamento. Sendo ele o último sobrevivente entre aqueles com quem Ana de fato travou guerra, é sempre possível que, mesmo com a mineira fora do programa, seus haters unam forças para mantê-lo até o final. Além disso, Renan não deixa de ter uma torcida própria, formada logo no início do confinamento, por causa de seu temperamento considerado tranquilo, pinta de jogador e, convenhamos, beleza. 

Renan acha que vai ser conhecido como 'o BBB que tomou tapa na cara'Divulgação

Ronan

Ronan começou o jogo se destacando logo no primeiro dia, destacando o racismo em uma esponja com black power e proibindo todos de usar o utensílio. Logo em seguida, se uniu com Daniel e os outros homens da "macholândia", mas foi praticamente expulso do grupo já na primeira semana ao tentar fazer um esquema e manipular praticamente todos os votos da casa. O plano deu errado e, desde então, Ronan passou a ser visto com maus olhos dentro e fora da casa. No confinamento, tornou-se aliado de Ana Paula, o que pode ser considerado sua ruína e também sua salvação: enquanto o público que já não gostava dele passou a gostar ainda menos por causa de sua aliança, a torcida de Ana agora o tem como protegido e promete fazer de tudo para que ele chegue à final, vingando a expulsão de sua favorita.

Ronan critica padre sertanejoDivulgação


Últimas de Televisão