Após Patrícia Abravanel, Otaviano Costa também faz comentário preconceituoso

Apresentador do 'Video Show' fez infeliz piada depreciativa sobre travestis e foi rechaçado por comunidade LGBT

Por O Dia

Otaviano Costa fez 'brincadeira' infeliz e teve que se retratar com travestis e transexuaisDivulgação

Rio - Depois da polêmica sobre o comentário homofóbico de Patrícia Abravanel no último domingo, foi a vez de Otaviano Costa pisar na bola com a comunidade LGBT nessa terça-feira. O apresentador do "Video Show" fez uma piada ofensiva sobre travestis no programa e foi duramente criticado nas redes sociais. 

A piada infeliz de Otaviano aconteceu durante entrevista com Orã Figueiredo, que vive o Hugo em "Totalmente Demais", e contracena com Juliana Paes (Carolina), Leona Cavalli(Gilda) e agora com Danielle Winits (Suellen).

O ator global foi quem começou com a brincadeira preconceituosa. "Pra quem foi casado com travesti em ‘Tapas e Beijos’, agora três mulheres lindas”, disse Figueiredo, aos risos. Em outro momento, Otaviano reafirmou: "Pra quem foi casado com uma 'traveco', tá bem demais".

O termo "traveco" é considerado pejorativo para travestis e transexuais, uma vez que o sufixo "eco" dá a ideia de inferiodade, como, por exemplo, na palavra "timeco".Ainda assim, o "Video Show" tratou a piada como mera brincadeira, mas a repercurssão negativa fez Otaviano se retratar no Instagram. 

"Primeiro: eu não sou preconceituoso. Abomino o preconceito completamente e isto está claro na minha vida e na minha postura e opiniões já declaradas durante todas as temporadas do programa ‘Amor & Sexo’. O que acontece é que eu, como metrossexual e uma grande maioria das pessoas, desconhece o grandioso dicionário LGBT. E eu confesso que eu não me recordava que 'traveco' era uma palavra menor, era ofensiva e, acima de tudo, preconceituosa. Mil desculpas por isso", se defendeu.

LEIA MAIS: Gays boicotam Patrícia Abravanel e programa perde audiência para Xuxa

Evangélica, filha de Silvio Santos diz que 'homossexualismo não é normal'

"Mas me chamar de homofóbico, transfóbico etc., dessa forma negativa e odiosa eu também não posso aceitar. E não é assim que nós conseguiremos essa igualdade que tanto batalhamos", completou o apresentador.

Ainda assim, ainda choveram comentários negativos para Otaviano, que tentou colocar um ponto final no assunto com uma foto do personagem Élcio, de "Morde e Assopra", vestido de mulher.

"Todo meu amor e sinceras desculpas a todas travestis, transgêneros e transexuais, que sempre respeitei e acabei magoando absolutamente sem querer", escreveu.

Últimas de Televisão