Dedé Santana diz que foi ingrato com Renato Aragão

Com mansão à venda, humorista também falou sobre dificuldades financeiras e 'Os Trapalhões': 'Perdemos tudo'

Por O Dia

Rio - Dedé Santana marcou presença no "Domingo Show" e abriu o coração ao apresentador Luiz Bacci. No domingo, o humorista participou do programa ao vivo para falar sobre sua trajetória, mas acabou fazendo revelações de sua intimidade e confessou estar em meio a uma crise financeira.

Com 80 anos recém-completados, Dedé afirmou que sua casa em Itajaí, onde mora, está à venda para cobrir o pagamento da compra de uma outra casa sua, esta localizada no Rio.

Dedé Santana e Luiz BacciDivulgação / Record

O comediante explicou que havia combinado a venda do imóvel de 27 cômodos (avaliado em R$ 2 milhões) com uma pessoa, mas que, no fim das contas, o comprador saiu do país e não cumpriu o acerto.

"A minha casa estava praticamente vendida e a pessoa que a comprou se mudou para os Estados Unidos. Ia comprar e não comprou", reclamou. "Eu preciso vender esta casa [em Santa Catarina] para pagar a do Rio. Todo o dinheiro que eu juntei do meu trabalho, investi nesta casa".

Anos após atingir o sucesso com "Os Trapalhões", Dedé disse que Mussum, Zacarias e ele "perderam tudo" por conta de algumas pessoas que administraram o dinheiro. "Os três perderam tudo. Nós pegamos uns caras que estavam administrando o dinheiro, pegavam o dinheiro do imposto de renda e não pagavam. E assim nós ficamos sem nada", contou.

'Fui ingrato com Renato Aragão'

Durante a entrevista, Dedé ainda também falou sobre a sua relação com Renato Aragão. "Pode até ser que sim, que eu tenha sido ingrato com o Renato. Já pedi desculpas a ele, sim", contou. "Eu já precisei de dinheiro e pedi ao Renato Aragão. Precisei, e não era pouco, e ele deu na hora", disse o comediante, que exaltou a importância de Renato para a existência de "Os Trapalhões". "Ele escrevia, organizava. Se não fosse ele, o grupo não existiria", admitiu.

Últimas de Televisão