Repórter interrompe transmissão ao vivo para ajudar desconhecida a pegar táxi

Alê Oliveira, do SporTV, não titubeou e deu longos assovios até parar um carro amarelo em Nova York: 'Eu sou um cavalheiro'

Por O Dia

Rio - O repórter Alê Oliveira tomou uma atitude curiosa para ajudar uma desconhecida. Nesta quinta-feira, Alê entrou ao vivo de Nova York no programa "Redação SporTV" e, ao fim da sua transmissão, chamou um táxi para uma mulher que estava cheia de malas atrás dele. "Eu sou um cavalheiro", brincou com o apresentador André Rizek. 

Alê Oliveira%2C do SporTV%2C chama táxi para desconhecida durante transmissão ao vivoReprodução Internet

Aliás, a ideia partiu do próprio colega da bancada. "Valeu, Alê. Depois dá uma ajuda para a menina, que quer pegar táxi, e sabemos que pegar táxi em Nova York não é fácil", disse Rizek da redação. 

Descontraído, Alê nem pensou duas vezes e já soltou longos assobios até conseguir um carro amarelo para a moça. "Deu certo, André", comemorou quando a menina embarcou. 

A transmissão direto de Nova York foi parte da cobertura da final da Copa América Centenário, entre Argentina e Chile, que acontece no próximo domingo.

Últimas de Televisão