Em 'A Terra Prometida', Samara manda matar Aruna

Depois de levar uma flechada no ventre, Aruna será sequestrada por soldados de Jerusalém. O autor da novela ainda conta como será a vitória de Josué contra o rei Adonizedeque

Por O Dia

Rio - Uma irmã pode querer tanto o mal da outra a ponto de mandar matá-la? Sim, pelo menos na novela ‘A Terra Prometida’, da Record, a partir de hoje. “A Samara (Paloma Bernardi) está em uma fase que está cega de ódio. Ela acredita que fazendo a Aruna (Thaís Melchior) sofrer e morrer, o Josué (Sidney Sampaio) pode olhar para ela, sim. No fundo, Samara queria ser a mocinha da história. Esse é o grande objetivo dela. Como não pode, decide mandar matar a irmã”, explica a atriz Paloma Bernardi, de 31 anos. A colega de cena Thaís Melchior também tem sua análise sobre o ódio da vilã. “Samara nunca aceitou não ser a escolhida do líder. O amor que ela sente por Josué virou uma obsessão. Vale tudo para tirar da frente quem quer que esteja atrapalhando seu caminho, inclusive mandar matar”, completa, aos 26 anos.

Cega pelo ódio%2C Samara (Paloma Bernardi)manda matar a irmã Aruna (Thaís Melchior) Divulgação

A ORIGEM DO ÓDIO

Na história, Samara e Aruna são filhas do mesmo pai, Quemuel (Raymundo de Souza), mas de mães diferentes — Léia (Beth Goulart) e Yana (Luciana Braga), respectivamente. Para Paloma, o problema é que a mãe de Samara alimentou o ódio na filha pela a irmã. “Mas a mãe fez filha enxergar a Aruna de forma diferenciada. Toda essa rivalidade se iniciou desde que elas eram crianças. Aí, só sentimentos ruins foram implantados no coração de Samara. Inveja, raiva, arrogância... Esse ódio só foi crescendo a partir do momento em que surgiu um amor na vida dela e ela viu que esse sentimento não era correspondido”, justifica Paloma.

MATAR A IRMÃ ARUNA

Para se livrar da irmã, Samara pede ajuda a Tobias (Raphael Vianna), seu irmão. Ela bola então um plano para ajudar tanto ela própria quanto seu cúmplice: eliminar os bondosos Aruna e Zaqueu (Ricky Tavares), que é inimigo de Tobias. A ideia é simples. Zaqueu vai diariamente caçar codornas com arco e flecha. Quando ninguém perceber, Tobias acerta uma flechada no coração de Aruna e, por causa disso, todos pensam que foi Zaqueu o autor do crime. Dois problemas resolvidos em uma única tacada.

ENTRE A VIDA E A MORTE

Aruna é atingida no ventre e cai desacordada em um rio próximo ao acampamento hebre. Oficiais do reino de Jerusalém encontram a mulher ferida e a sequestram. Josué, marido de Aruna, fica desesperado, mas já é tarde demais. Ela já está no palácio do rei Adonizedeque (Mário Frias), grande inimigo de Josué. Mas nada de boa vida por lá. “Após ser curada por um milagre de Deus, ela vai sofrer nas mãos do rei”, antecipa Thaís.

VIDA PESSOAL

Filha única, Thaís conta que infelizmente o ódio entre irmãos é algo que não está restrito ao universo das telenovelas. “É uma triste realidade. O amor é um sentimento tão bonito, tão puro, não combina com esse tipo de atitude. As pessoas precisam, acima de tudo, se amar em primeiro lugar”. Paloma vai além. “Quando uma pessoa se deixa dominar pelo sentimento do ódio. Ela é capaz de fazer coisas terríveis. E sai do controle, sai de si, e o mal pode acontecer com o próximo e consigo mesmo”, completa.

Irmã mais velha de Diego, de 30 anos, e Raissa, de 26, Paloma explica que a relação com seus irmãos sempre foi muito boa e de muita parceria. “Costumo dizer que lá em casa somos todos loucos uns pelos outros, sempre torce pelas realizações de cada um, sempre com um ombro amigo, coração aberto para poder ajudar, compartilhar aas alegrias e as tristezas também. Então nossa relação é a melhor possível, meus irmãos são meus primeiros melhores amigos. Encontro meus melhores amigos dentro de casa, e eles são meus irmãos”, derrete-se.

COM A PALAVRA O AUTOR

De volta à trama, Aruna ficará presa no palácio do rei de Jerusalém e depois será regatada pelo marido, Josué, o líder de Israel. O autor Renato Modesto conta como será o desfecho entre os dois reinos. “Adonizedeque (rei de Jerusalém) e os outros quatro reis de uma coalizão acabam perdendo a batalha contra Israel. Nessa batalha, Deus para o Sol no meio do céu e faz chover grandes pedras sobre o exército de Jerusalém. Depois de perder para os hebreus, Adonizedeque e seus aliados são presos dentro de uma caverna em Maquedá e enforcados. Daí em diante, Josué e os hebreus seguem vencendo reino atrás de reino até conquista total da Terra Prometida”, adianta.

TRÉGUA ENTRE ELAS?

Mas será que entre as irmãs existe uma possibilidade das irmãs selarem a paz? “Eu gostaria muito que isso acontecesse, afinal elas são irmãs. Certamente, Aruna perdoaria os erros de Samara se ela se mostrasse realmente arrependida e se tivesse disposta a mudar. Infelizmente não depende só de Aruna, né?!”, reforça Thaís. Paloma acrescenta: “Hoje acho que não existe essa possibilidade. Na verdade, ela já nem tem esperanças de conseguir o Josué para ela. Então, não sei se no final teremos uma relação de paz e amor. Aguardem para assistir”, entrega, aos risos.

Últimas de Televisão