Em ‘A Fórmula’, Drica Moraes vira Luisa Arraes ao descobrir fonte da juventude

Série estreia nesta quinta-feira, às 23h10, na Globo

Por O Dia

Rio - Um casal nerd e apaixonado. É assim que os jovens Angélica e Ricardo, vividos por Luisa Arraes e Klebber Toledo, começam a contar a história da série ‘A Fórmula’, que estreia hoje, às 23h10, na Globo. 

Luisa Arraes e Drica Moraes em 'A Fórmula'Divulgação

Na trama, o casal presta vestibular para Harvard, mas apenas Angélica é aprovada. Para não ficar longe do namorado, ela acaba desistindo do curso. O problema é que a desistência da moça faz com que Ricardo seja chamado pela universidade — ele era o próximo da lista.

Sem abrir mão da tão sonhada vaga, o rapaz embarca para os EUA, e os dois só se reencontram 30 anos depois, agora interpretados por Drica Moraes e Fábio Assunção, em um congresso científico.

O drama do casal vira comédia quando Angélica, em um experimento, descobre a fórmula da juventude. Nova como na época em que conheceu Ricardo, ela faz com que o cientista se apaixone por ela novamente. Ou melhor, por ela não, por Afrodite.
“Eu e a minha versão mais jovem, que apelidamos de Afrodite, interpretada pela Luisa, passamos a disputar o amor do personagem do Fábio Assunção. É um triângulo amoroso inusitado, louco e divertido”, conta Drica.

O efeito da ‘fórmula’ dura somente alguns minutos. É por isso que as duas versões de Angélica acabam duelando. Embora ache a história instigante, Drica diz que nunca provaria deste experimento. “Essa corrida pela juventude é uma perda de tempo. Quando o tempo passa e você descobre o barato de cada idade, é muito bom.”

Na série, Angélica vai perceber o quanto amadureceu quando analisar o comportamento de sua versão mais nova. Drica também faz esse balanço de sua vida. “Jovem precisa ser aceito. Depois dos 48 anos, a gente goza mais da sabedoria e desse lugar que você não precisa agradar e provar quem você é”, diz.

Reportagem de Bárbara Saryne, Diário de S.Paulo/Agência O DIA

Últimas de Televisão