Por felipe.martins

Rio - Como agir quando temos a certeza que a conduta de um colega de trabalho é ilícita e prejudica a empresa ou os clientes? Será que é nossa obrigação profissional denunciar as irregularidades? Ou a ética se aplica somente a nossa conduta pessoal e o que os outros fazem de errado é problema do chefe? É do chefe também, mas há uma parte que é responsabilidade do funcionário e, geralmente, consta no Código de Ética das firmas: é obrigação do profissional revelar qualquer ato de funcionário que prejudique ou venha a prejudicar a empresa ou os clientes. O fato é que a partir da educação que recebemos cada um de nós desenvolve valores e um código de comportamento no trabalho. Veja como agir em situações com esta e quais são os caminhos a serem seguidos.


PERGUNTA E RESPOSTA

“Tenho um colega que está praticando ações ilícitas que prejudicam a empresa. Estou com medo porque isso vai de encontro aos meus valores e a responsabilidade poderá recair sobre mim. O que posso fazer para sair dessa situação?”, Jorge, Nova Iguaçu

Olá, Jorge! Possivelmente, os atos ilícitos ocorrem porque os processos internos de controle não são eficazes e a empresa tem boa parte da responsabilidade nestas situações. Mas revelar qualquer fato ilícito é obrigação do profissional. Portanto, neste momento, sua posição é de cumplicidade e você pode acabar sendo responsabilizado injustamente. Então, creio que o ponto a ser analisado é: como fazer a denúncia?

O ideal é você apresentar aos diretores não só o fato, mas uma proposta de melhoria dos controles. Reúna provas e identifique pelo menos um colega de sua confiança disposto a confirmar a irregularidade. Se você não tiver provas ou não encontrar um único aliado, a denúncia poderá parecer infundada e há chances dela se voltar contra você. Então, o que fazer?

Mandar uma carta anônima para toda a diretoria e para o setor de recursos humanos, relatando a situação pode ser uma opção para ser ético e, ao mesmo tempo, se proteger de represálias. Neste caso, é importante anexar as provas. A carta tem o objetivo de provocar a apuração dos fatos e corrigir os desvios de conduta.

E se a denúncia for feita e nada acontecer? Aí, você terá feito o que está ao seu alcance e ficará claro que a empresa tem valores diferentes dos seus. Fato que indica que ela não é um lugar favorável para construir uma vida profissional.

Sugiro, então que busque novas oportunidades de trabalho, pois você só terá sucesso na carreira se alinhá-la aos seus valores. E todos nós sabemos o que é certo ou não, do ponto de vista legal e ético, certo? Portanto, procure ter comportamentos justos para com a empresa, colegas, fornecedores e clientes ao longo da sua vida profissional. Boa sorte!

Janaina Ferreira é coach e professora do Ibmec



Você pode gostar