Minha Casa, Minha Vida terá mais dois milhões de imóveis

Dilma Rousseff garantiu que programa habitacional não sofrerá cortes. Anúncio foi feito durante entrega de casas na Bahia

Por O Dia

Rio - Mais dois milhões de imóveis do programa Minha Casa, Minha Vida serão lançadas até o fim deste mês. O anúncio foi feito nesta sexta-feira pela presidente Dilma Rousseff em Feira de Santana, na Bahia. Dilma garantiu que não haverá cortes no programa habitacional do governo.

“Nós só não vamos cortar, como vamos aumentar para mais dois milhões de famílias”, completou Dilma. O anúncio ocorreu durante evento de entregas de unidades habitacionais do programa no Residencial Viver Alto do Rosário na cidade baiana, e em mais quatro estados por meio de transmissão simultânea. No total, foram construídas e entregues 5.684 unidades na Bahia, Piauí, São Paulo e Pará, beneficiando 22 mil pessoas com renda mensal de até R$ 1,6 mil.

Dilma entregou moradias ontem em Feira de Santana%2C na BahiaDivulgação

Em Teresina (PI), foram entregues 1.368 imóveis (investimento de R$ 83,3 milhões); em Feira de Santana (BA), 1.116 imóveis (R$ 70,3 milhões); em Itabuna (BA), 900 moradias (R$ 54 milhões); em Ananindeua (PA), 784 residências (R$ 48,5 milhões); em Itapeva (SP), 416 unidades (R$ 33,2 milhões); em Suzano (SP), 300 apartamentos (R$ 28,1 milhões); e em Votorantim (SP), 260 residências (R$17,5 milhões)</CW>.

GERAÇÃO DE EMPREGOS

O governo deverá apresentar propostas para fomentar a geração de empregos. Segundo o ministro do Trabalho e Previdência, Miguel Rossetto, estuda em adotar frentes de trabalho com pagamento de bolsas a jovens para atuar em campanhas para combater o vírus Zika, coleta de lixo e também na agricultura.

Os beneficiários do programa Bolsa Família também poderão receber um adicional para aquecer o consumo. Rossetto deve propor novas regras para acelerar o uso do FGTS, além de ampliar o seguro-desemprego de cinco para sete parcelas pagas a trabalhadores demitidos em setores mais afetados por redução de vagas.

Últimas de Economia