Sucesso nas Finanças: Como economizar em tempos de inflação

O aumento de preços no processo inflacionário não se dá no mesmo tempo e proporção em todos os bens e serviços

Por O Dia

Rio - A inflação é um aumento contínuo dos preços que representa uma progressiva perda do poder aquisitivo das pessoas, já que a moeda é desvalorizada. Em um cenário econômico com inflação, para adquirir a mesma quantidade de coisas no dia a dia é necessário mais dinheiro.

O aumento de preços no processo inflacionário não se dá no mesmo tempo e proporção em todos os bens e serviços. Existe uma flutuação de preços no mercado que dificulta a informação para os cálculos dos indicadores econômicos que dão sustentação a tomada de decisão em relação a economia. A inflação, mesmo diante de sua complexidade, interessa a todos, pois impacta nos orçamentos. A inflação na medida que devora o poder aquisitivo das pessoas origina os altos custos sociais, pois desacelera a economia e traz o desemprego.


PERGUNTA E RESPOSTA

“Diante da alta inflação, o custo de vida tem ficado insustentável para quem ganha salário básico, na faixa dos quatro salários mínimos. Ainda assim, passando um aperto, eu gostaria de tentar economizar para fazer uma poupança no banco. Como tentar conciliar? Ainda é válido fazer uma caderneta de poupança?”, Tiago Santos, Curicica

No Brasil, a inflação oficial é medida pelo Índice de Preço ao Consumidor Ampliado (IPCA), divulgado mensalmente pelo IBGE. É importante que enquanto consumidores e cidadãos que fiquemos atentos a estes indicadores, pois irão impactar em nosso orçamento e planejamento financeiro.

Uma forma de conseguir economizar é ter o controle de nossa própria inflação, fazendo a comparação da variação dos bens consumidos. Liste o que você gastou com aquisição de bens e serviços de consumo. Assim você pode acompanhar seu planejamento e orçamento financeiro em relação a inflação e fazer as adequações necessárias a sua realidade econômica na busca de obter um recurso para aplicar na poupança.

A principal característica da poupança é a segurança devido ao baixo risco de crédito dos grandes bancos e a garantia do Fundo Garantidor de Crédito-FGC para as aplicações até R$ 250 mil. Caso você invista na poupança de um determinado banco R$ 50 mil e este banco venha a falência o FGC garante o retorno de seu investimento com os rendimentos até a data da intervenção na instituição financeira.

Últimas de Economia