Cachoeiras de Macacu faz concurso para 200 vagas

Oportunidades são para a área de Educação com salários de até R$ 1.314,81

Por O Dia

Rio - A proximidade de troca das gestões municipais estimula um número cada vez maior de prefeituras a abrirem concursos para os seus quadros. Duas novas seleções foram iniciadas: 205 vagas para a Prefeitura de Cachoeiras de Macacu e 21 vagas para a de Quatis.

As inscrições para Cachoeiras de Macacu começam hoje e vão até 8 de maio, para vagas na área de Educação, com salários de até R$ 1.314,81. As inscrições para Quatis vão até o dia 22 de maio, com vencimentos de até R$ 1.608. Ambos concursos abrangem os níveis Fundamental, Médio e Superior.

O concurso para Cachoeiras de Macacu será feito pelo Instituto Brasileiro de Incentivo ao Desenvolvimento Organizacional (IBDO). As oportunidades são para os cargos de Agente Escolar de Portaria, Inspetor de Disciplina, Artífice Escolar de Cozinha, Agente Escolar de Limpeza, Professor Docente II, Professor Docente I (Língua Portuguesa), Professor Docente I (História) e entre outros. As inscrições poderão ser feitas no endereço eletrônico:www.institutoibdo.com.br.

Annelise Thomaz Gomes Araujo%2C 33 anos%2C se prepara para a seleção estudando na Academia do ConcursoDivulgação

Para Quatis, as vagas são para Advogado, Motorista, Segurança, Assistente de Controle Interno, Assistente de Plenário, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Contabilidade, Auxiliar de Patrimônio e Almoxarifado, Auxiliar de Protocolo e Arquivo, Auxiliar de Serviços Gerais, Auxiliar de Tesouraria, Copeira, Oficial de Ata e Recepcionista.

Segundo o especialista e diretor-pedagógico da Academia do Concurso, Paulo Estrella, o conceito é estudar a teoria de forma a conhecê-la em linhas gerais e fazer todo o aprofundamento de conteúdos com base nas questões que o candidato resolve e erra. O erro na resolução das questões aponta quais conteúdos e em que profundidade devem ser estudados.

“Uma questão que o candidato não consegue resolver precisa passar ser objetivo de estudo para o candidato aprofundar o conhecimento desses conteúdos”, ensina o especialista Paulo Estrella. Para Annelise Thomaz Gomes Araujo, 33 anos, aluna da Academia do Concurso, o concurseiro tem que focar em uma área e estudar dentro do conteúdo exigido. Ela conta que estuda desde 2013 para concursos. Uma das dicas de Annelise é fazer provas anteriores e simulados. 

Setor público por Claudia Jones, jornalista do site Qconcursos.com

“Preencha os espaços livres com dedicação e estudo”

Diariamente milhares de interessados em uma vaga no serviço público se amontoam em salas de aula, em bibliotecas e em bancas de jornais em busca da última informação sobre um concurso. Mas um grande diferencial separa cada um desses candidatos: a preparação. Sim, é a preparação que fará a diferença, inclusive para quem pretende enfrentar a disputa por mais de um concurso simultaneamente. O primeiro passo pode parecer antagônico, mas não é: o candidato deve fazer uma relação e “separar” todas as atividades que tem. Mas... Como?

Em primeiro lugar, o programa de estudo. Este, sim, é o mais importante porque, se a pessoa não organizá-lo, acabará não estudando. A partir dessa constatação, faça uma agenda da semana, com todas as atividades “imutáveis”, ou seja, aquelas que você não pode mexer, como o horário da faculdade e do trabalho, por exemplo. Isso o fará organizar seu tempo.

Em segundo lugar, coloque as atividades de lazer. Há quem acredite que é necessário “parar tudo” e só estudar. Não é verdade! Não podemos fazer isso porque o lazer é o combustível da maratona! Também a prática espiritual, seja qual for a religião do candidato, é combustível. Ou seja: lazer é combustível para a mente; exercício físico, para o corpo; e a prática espiritual, para o espírito, como o nome diz. É necessário, portanto, reservar esses espaços em primeiro lugar.

O que você pode fazer é diminuir a duração de cada etapa. Em vez de ficar na academia de ginástica por três horas, fique somente uma hora. Em vez de ficar na praia o dia inteiro aos domingos, permaneça apenas pela manhã. Fora isso, o que vai acontecer? Vai sobrar um monte de espaços livres! Esses espaços livres deverão ser preenchidos com dedicação. Bons estudos!

Últimas de Economia