Por felipe.martins

Brasília - O Banco do Brasil divulgou nesta terça-feira que foram aprovados R$2,5 bilhões de novos recursos para a instituição operar na linha de crédito imobiliário Pró-Cotista pelo Conselho Curador do FGTS, de acordo com a Agência Estadão Conteúdo. Segundo o banco estatal, a linha conta com condições diferenciadas, como taxa de juros de 9% ao ano para o financiamento de imóveis novos ou usados de até R$ 750 mil. O prazo é de até 360 meses. O Banco do Brasil divulgou ontem que identificou 524 mil clientes com potencial de utilização imediata da linha de crédito.

O Banco do Brasil informou que identificou 524 mil clientes com potencial de utilização imediata da linha de crédito imobiliárioAgência O Dia

O BB informou que o Pró-Cotista é uma linha de financiamento que utiliza os recursos do Programa Especial de Crédito Habitacional ao Cotista do FGTS. Para ter acesso a essa linha, o proponente precisa ter conta ativa no fundo e um mínimo de 36 contribuições.

Caso a conta esteja inativa, é necessário que ela tenha saldo superior ou igual a 10% do valor do imóvel. Outras características do BB Crédito Imobiliário Pró-Cotista é de que não há limite de renda familiar; até 30% no comprometimento da renda familiar mensal bruta; limite de financiamento de até 90% do valor de venda e avaliação, o que for menor; e Sistema de Amortização SAC ou Price-Pós.

FEIRÃO DA CAIXA

Outra boa notícia para quem pretende comprar um imóvel e busca facilidades é de mais uma edição do Feirão Caixa da Casa Própria no Rio de Janeiro. O evento ocorrerá de sexta-feira a domingo, no Riocentro.
O feirão é considerado o maior do ramo imobiliário e, nesta 12ª edição, terá mais de 15 mil imóveis novos ou usados, que estarão em oferta.

De acordo com a Caixa, o foco do evento será o financiamento de habitação popular do Programa Minha Casa, Minha Vida e das demais operações com recursos do FGTS, cujo teto máximo é de R$ 225 mil. Superintendente regional da Caixa, Arnaldo Barcellos destaca a variedade de ofertas de imóveis por regiões e as facilidades para o consumidor.

“Os visitantes podem contar com as condições facilitadas que a Caixa oferece e ter acesso aos principais lançamentos e a diversos imóveis, novos ou usados, disponíveis na capital e em toda a região metropolitana do Rio de Janeiro”, declara.

No feirão, serão lançados três empreendimentos com 599 unidades. Serão ofertados ainda mais de 9 mil imóveis novos e 5.467 usados, no total de mais de 15 mil em oferta.

Você pode gostar