Anatel vai proteger consumidores da Oi

Medidas vão assegurar direitos de clientes

Por O Dia

Rio - Um dia após a Oi entrar com pedido de recuperação judicial, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) garantiu que vai adotar “ações específicas de fiscalização” para assegurar direitos dos clientes e manter condições operacionais das empresas do setor e a proteção dos usuários. A agência não detalhou, no entanto, quais medidas serão adotadas.

Na segunda-feira, operadora de telefonia que possui 70 milhões de clientes no país fez o pedido de recuperação judicial, pegando clientes e o mercado de surpresa. A iniciativa veio depois de a empresa ter anunciado que ainda não havia obtido acordo com credores para tentar reestruturar sua dívida, considerada impagável. O processo envolve aproximadamente R$ 65,4 bilhões.

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, informou que o governo não cogita ajudar financeiramente a empresa. Nesta terça-feira, as ações preferenciais fecharam em queda de mais de 18,18%, após terem desabado mais de 30% ao longo do dia.

Últimas de Economia