Cartão Construcard também vai pagar mão de obra

Caixa fará alterações no uso do Construcard que financia compra de material de construção

Por O Dia

Rio - A linha de crédito para compra de material de construção da Caixa Econômica Federal permitirá que os usuários do cartão financiem custos com mão de obra. Essa é uma das propostas de reformulação para o Construcred que o banco anunciará nos próximos dias. Além disso, os clientes terão mais recursos disponíveis e taxas de juros menores para pagar o material em lojas conveniadas, com prazo de seis meses para pagar.

A proposta de alteração do financiamento de material de construção agradou o engenheiro Brenno GeddesMárcio Mercante / Agência O Dia

O presidente da Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco), Cláudio Conz, afirmou que a linha de começou a secar em setembro de 2015 e, em maio deste ano, a Caixa parou de fechar contratos. O banco agora estuda dar comissão aos lojistas para que incentivem o uso do cartão.

A modificação ocorrerá em sequência a medidas que a Caixa adotou para fomentar o setor de construção. Na semana passada, entraram em vigor regras para financiar a casa própria. Para famílias, o banco dobrou o limite de financiamento dos imóveis de R$ 1,5 milhão para R$ 3 milhões, e aumentou o percentual que pode ser financiado. Às construtoras, destinou R$ 10 bilhões ao reabrir linha específica.

O engenheiro civil Brenno Geddes, 40, achou ótimas as propostas de alteração. “Acredito que vá alavancar ainda mais o mercado da construção e será bom para todos. Desde que os juros sejam adequados”, disse.

Últimas de Economia