Portela Dá Trabalho tem 1,2 mil vagas

Interessados devem comparecer à quadra da escola na Rua Clara Nunes 81, Madureira, dia 23, das 9h às 14h

Por O Dia

Rio - Apenas dois dias depois de acabarem os Jogos Olímpicos, vai recomeçar a maratona de emprego, e o pódio é praticamente certo para quem tiver qualificação e quiser disputar uma vaga. No próximo dia 23, a Azul e Branco de Madureira fará a 45ª edição do projeto Portela Dá Trabalho, onde serão oferecidas 1,2 mil vagas para todos os níveis de escolaridade. Do total, 400 são para pessoas com deficiência (PCDs).

As oportunidades para PCDs são para rede hoteleira e indústria alimentícia, em Itaboraí, Santa Cruz e São Gonçalo. São oferecidos salários superiores a R$ 1 mil, vale-transporte, assistência médica e odontológica, refeição no local de trabalho e participação nos lucros. Neste caso, é necessário apresentar cópia de laudo médico.

Para participar, o candidato precisa comparecer à sede da Portela, na Rua Clara Nunes 81, das 9h às 14h, com carteira de trabalho, currículo, uma foto 3x4, comprovante de residência, título de eleitor, declaração de escolaridade e certificado de reservista.

Vagas no programa da Portela contemplam homens e mulheres e diversos níveis de escolaridade Diego Cardoso / Divulgação

Supermercados Guanabara, Lojas Americanas, Viação Redentor, Viação Madureira-Candelária, Contax, Empreza RH, IMC (Batata Inglesa), Nutrab, RH10, Personal Service, Superprix, Up Essence, Verzani&Sandrini e Vida Útil participam dessa edição do programa.

Desde que o projeto começou em abril do ano passado, mais de 15 mil pessoas foram empregadas, informou o presidente da Portela e idealizador do programa, Marcos Falcon. “Pretendemos levar a iniciativa para outras escolas”, diz Falcon.

O que levar

Os documentos necessários para a entrevista são cópia da identidade, cópia do CPF, carteira de trabalho, currículo atualizado, foto 3x4, comprovante de residência, título de eleitor, declaração de escolaridade e certificado de reservista.
Os interessados nas vagas de motorista devem levar a carteira de habilitação.

Últimas de Economia