Sucesso nos Negócios: Busque harmonia e equilíbrio

No caso de empreendedores, a pressão é ainda maior e, muitas vezes, fica difícil separar a vida pessoal da profissional

Por O Dia

Rio - Atingir a harmonia entre trabalho e vida social é o novo ideal para profissionais, pois uma vida sem equilíbrio resulta em estresse e fatiga, perda de controle e até mesmo relacionamentos tensos.

No caso de empreendedores, a pressão é ainda maior e, muitas vezes, fica difícil separar a vida pessoal da profissional. A internet abriu novos canais de comunicação, mas faz com que as pessoas fiquem conectadas ao trabalho o tempo todo. É preciso organização e disciplina para equilibrá-las.

E não podemos esquecer dos empreendedores que têm paixão pelo que fazem, para quem trabalhar é puro prazer.

Pergunta e resposta

“Preciso equilibrar minha vida pessoal e as demandas de empreendedor iniciante. Por onde começar e como fazer?” Joana Moreira, por e-mail

Um dos desafios do mundo atual é ter qualidade de vida e gerenciar o tempo. No caso de empreendedores/empresários, a tendência de misturar vida pessoal com profissional é grande. O avanço da comunicação, em função da tecnologia, e a globalização contribuíram de modo decisivo para nos manter conectados ao trabalho noite e dia.

O ideal é estabelecer um horário de trabalho e cumpri-lo. Aprenda a estabelecer prioridades e a delegar tarefas. Se você trabalha sozinha, ao invés de tentar fazer tudo ao mesmo tempo e pular de atividade para outra, aprenda a dar prioridades e trabalhe nas tarefas mais importantes primeiro, dividindo o restante em uma jornada que consiga gerenciar.

Saia para almoçar. O horário de almoço é a oportunidade perfeita para fazer pausa no trabalho. Em alguns dias será preciso trabalhar até mais tarde ou almoçar rapidamente, mas não faça disso um hábito.

Se você se organizar e for eficiente durante as horas trabalhadas, provavelmente não precisará passar do horário. Não podemos esquecer dos empreendedores que têm paixão pelo que fazem, que trabalham horas a fio e se sentem felizes.

O importante é que o trabalho, mesmo fora dos padrões convencionais, deve dar satisfação. Trabalho e realização devem caminhar juntos. É necessário ter descontração para o bem-estar psicológico e emocional, abrindo espaço para a criatividade e o bom humor.

Cezar Vasquez é superintendente do Sebrae-RJ

Últimas de Economia