Sucesso na Carreira: Como pedir demissão sem medo do chefe

É uma situação um tanto delicada, mas não é motivo para não aceitar novos desafios

Por O Dia

Rio - Quando uma pessoa sabe que vai mudar de emprego, o correto é informar tanto ao seu gestor quanto ao RH a intenção de sair. Desta forma, a firma terá tempo hábil para contratar e treinar outra pessoa para substituí-la.

Entretanto, quando o funcionário tem uma relação de desconfiança e medo com seu gestor, em geral, fica com receio de informá-lo antecipadamente e sofrer represálias por parte do empregador. É uma situação um tanto delicada, mas não é motivo para não aceitar novos desafios. Veja como agir nesta situação.

Pergunta e resposta

"Recebi uma proposta de trabalho interessante e vou sair do meu atual emprego, mas ainda não avisei à empresa que trabalho atualmente. Tenho receio de pedir demissão antecipadamente e acontecer algum imprevisto nessa mudança. É errado eu não avisar à empresa? " Jacqueline, Glória.

A atitude mais ética seria dizer a verdade, mas você precisa avaliar se não corre o risco de a empresa antecipar sua demissão, o que poderia desestabilizar sua vida. Como nem sempre a relação de confiança e consideração entre empresa e funcionário é uma realidade, pode ser preciso adiar a comunicação à empresa por algum tempo e, neste caso, será preciso ter habilidade no momento da conversa.

Seu gestor deve ser o primeiro a saber e só depois você deve falar com o RH e outras pessoas mais próximas. É importante ter o mesmo discurso para a chefia e demais colegas. Isso evitará o “disse me disse” quando você já estiver longe.

Janaina Ferreira é coach e professora do Ibmec

Últimas de Economia