Déficit do estado pode chegar a R$ 17 bilhões em 2017

Comissão de Orçamento da Alerj apresentou parecer favorável ao projeto de lei que estima a receita e fixa a despesa do governo para o ano que vem

Por O Dia

Rio - A crise financeira no Rio parece estar longe do fim. O déficit do estado pode chegar a R$ 17 bilhões no ano que vem, segundo a Secretaria de Estado de Fazenda. Na tarde desta sexta-feira, a Comissão de Orçamento da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) apresentou um parecer favorável ao projeto de lei que estima a receita e fixa a despesa do estado para 2017.

De acordo com o projeto da Lei Orçamentária Anual, encaminhado à Comissão de Orçamento, a receita líquida do estado prevista seria de R$ 62,3 bilhões e as despesas fixadas em R$ 77,6 bilhões. No entanto, o secretário de Estado de Fazenda, Gustavo Barbosa, informou que a receita líquida foi recalculada e chegou ao valor de R$ 60.5 bilhões, o equivalente a R$ 2 bilhões a menos do que o previsto no texto enviado. 

Presidente da comissão, o deputado Pedro Fernandes (PMDB) pediu para o secretário readequar os valores no projeto da lei orçamentária. Barbosa disse que vai fazer os ajustes até a próxima segunda-feira, no mesmo dia em que o texto será enviado para a análise dos deputados. A previsão é de que os parlamentares votem a proposta no dia 20. 

Apesar da previsão da secretaria, Pedro Fernandes acredita que o déficit do estado pode ser ainda maior no ano que vem. "Ainda temos que somar a esse cálculo os R$ 18 bilhões de déficit dos anos de 2015 e 2016, que ainda estão em aberto. O déficit do estado na verdade será de R$ 35 bilhões", ressaltou. 


Últimas de Economia