Por luana.benedito

Rio - A Secretaria estadual de Trabalho e Renda (Setrab) abriu um curso de verão para formar agentes populares de saúde e vigilância para o controle do mosquito Aedes Aegypti. As inscrições foram abertas na segunda-feira e podem ser feitas na Casa do Trabalhador de Manguinhos, que vai sediar o curso, até 6 de fevereiro.

A Casa do Trabalhador fica localizada na Av. Dom Hélder Câmara 1.184%2C atrás da UPA de Manguinhos Divulgação

As aulas ocorrerão entre os dias 13 e 17 de fevereiro, das 13h às 18h, com material fornecido no local, sem custo para os participantes. O planejamento foi elaborado pela equipe interdisciplinar do Laboratório de Inovações em Terapias, Ensino e Bioprodutos (Liteb) do Instituto Oswaldo Cruz.

Serão 50 vagas — 20 para adultos, com prioridade para mulheres, 20 para jovens acima de 14 anos e outras dez para profissionais de educação, cultura e saúde.
O programa é composto por conteúdo teórico e prático. Uma parte dinâmica oferece cinco oficinas de discussão e debates de ciência e arte para educação e um evento final com exposição dos trabalhos.

Coleta de amostras

O trabalho ainda fará uma relação científica e artística entre os conteúdos relacionados à transmissão dos vírus da dengue, zika e chikungunya. Também será feito um mapeamento do mosquito em Manguinhos, com coleta e análise de amostras de água em lupas e microscópios.

Os alunos também vão ter acesso a reportagens de TV, rádio e jornal sobre o assunto. O curso trabalhará práticas lúdicas e de formação, com jogos, músicas, vídeos e práticas promotoras para estimular a criatividade e inovação.

Com isso os alunos poderão exercitar a observação e registro, reconhecer e formar padrões sobre o mosquito e as doenças. No encerramento, todos receberão o certificado de conclusão.
Interessados, entrar em contato pelo telefone (21) 2334-8840 ou 2334-884, das 9h às 17h.

Você pode gostar