Técnica ‘home staging’ aprimora imagem de imóveis para venda

Segundo especialista, com o auxílio do serviço, é possível valorizar residências em até 30%

Por O Dia

Rio - Sabe aquela foto de casas ou apartamentos com cômodos vazios e sem qualquer tipo de atrativo visual capaz de atrair potenciais compradores? Esse tipo de imagem, comum em anúncios em sites e aplicativos de venda de imóveis, pode estar com os dias contados. É que a técnica de ‘home staging’, encenação em casa numa tradução livre, passou a ser aplicada no país nos últimos quatro meses. A ideia é preparar os cômodos para as fotos, valorizando o imóvel para a venda.

Antes da técnicaDivulgação

Especialista nesse tipo de serviço, comum nos Estados Unidos, a empreendedora Sandra D’Angelo já mantém parcerias com o Conselho Regional dos Corretores de Imóveis do Rio de Janeiro (Creci-RJ) e Sindicato da Habitação do Rio de Janeiro (SecoviRio), dá curso na Universidade Cândido Mendes e vai começar outro na Universidade Estácio de Sá. 

Para Sandra, a oportunidade de empreender nessa nova área pode valer para quem deseja investir em uma nova carreira ou quem quer conciliar seu emprego com uma nova atividade. “A pessoa precisa agregar valor ao máximo na hora de vender o imóvel. É como em uma entrevista de emprego. Veja que ninguém vai para uma de pijama. Há uma preparação. Sem contar que imóveis são adquiridos com esforço. Por isso, não podem ser dados sem carinho”, explica.

Depois da técnica Divulgação

A técnica consiste em fazer mudanças simples que potencializem as qualidades do imóvel, como retirar objetos pessoais e até fazer pequenas reformas em pontos estratégicos. “Um imóvel preparado pode vender até 78% mais rápido e por até 30% a mais em seu valor. O ‘home staging’ ajuda a agregar mais valor ao imóvel inteiro, facilitando sua venda e fazendo uso, na sua maioria, do que o proprietário já possui”, garante a profissional.

SEM TOQUES PESSOAIS
Ela alerta pra um cuidado na preparação do ambiente, para não apontar ligação com os antigos moradores. “Buscamos criar um ambiente decorado, mas sem indícios da personalidade do antigo morador. Utilizamos de todas as ferramentas possíveis para deixar o ambiente atraente para o maior número de pessoas. E, assim, aumentar as chances de venda”, argumenta.

TÉCNICA EM ALTA NOS EUA
Fundadora da Staging Design Solution, Sandra D’Angelo já trabalha com a técnica há quase dez anos nos Estados Unidos, onde mora há três décadas. O ‘home staging’ já existia na Califórnia para imóveis de alto padrão, mas só se popularizou após o estouro da bolha imobiliária norte-americana, quando os valores dos imóveis estavam em queda livre. Atualmente, a cada dez imóveis vendidos naquele país, oito são preparados com essa técnica.

Últimas de Economia