Servidor: Educação estadual espera pagar ativos no décimo dia útil

Os salários de janeiro de diversas categorias do Executivo estadual só serão quitados até 22 de março

Por O Dia

Rio - A expectativa da Secretaria Estadual de Educação é de que os salários de fevereiro dos professores e demais servidores ativos da pasta — incluindo Degase — sejam quitados no décimo dia útil deste mês, seguindo o calendário oficial do Executivo do Rio.

Questionado pela coluna, o secretário de Educação, Wagner Victer, disse que “está trabalhando para pagar no décimo dia útil”. A pasta tem conseguido quitar os salários dos servidores ativos usando integralmente ou parcialmente recursos do Fundeb. O 13º salário das categorias, por exemplo, foi quitado com verbas do fundo — que só podem ser utilizadas para pagar ativos.

“Estamos trabalhando, junto à Secretaria Estadual de Fazenda, com a gestão dos recursos do Fundeb para buscar o pagamento do ativos como temos conseguido fazer até então”, afirmou Victer. Ainda não há informações sobre data de pagamento dos servidores da Segurança. No último mês, eles receberam no décimo dia útil, mas nos anteriores, houve atraso.

Enquanto isso, outras categorias do funcionalismo estadual ainda estão aguardando o salário de janeiro, que só serão quitados até 22 de março.

O crédito das parcelas dos salários atrasou ainda mais depois que a União bloqueou R$ 220 milhões das contas do governo fluminense devido ao não pagamento de dívidas do estado e das quais o governo federal é garantidor.

No dia 22 de fevereiro, foi paga a primeira parcela, de R$577. A segunda parte, de R$ 295, será depositada no dia 10 deste mês. As parcelas seguintes serão quitadas nos dias 13 de março (R$ 991), 15 de março (R$979), 21 de março (R$3.006) e 22 de março (o restante). O calendário só será cumprido se não houver novos bloqueios de contas do estado.

Últimas de Economia