PEC 287 pode mudar

Relator reafirma necessidade de alterações

Por O Dia

Rio - O relator da Reforma da Previdência, deputado Arthur Maia (PPS-BA), voltou a afirmar ontem que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287, não será aprovada da forma como o governo Temer encaminhou e que as regras de transição terão que ser alteradas. De acordo com ele, essa parte do projeto está “mal formulada”. 

A afirmação foi dada a servidores do Tribunal de Contas da União (TCU) durante seminário sobre Previdência, um dia após o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, dizer que qualquer ampliação da regra de transição é inviável.

Maia criticou a inflexibilidade da Fazenda e disse que já passou o recado ao ministro de que a PEC não sairá do Congresso como chegou. Questionado sobre como o ministro teria recebido a informação, disse: “Meirelles é uma esfinge”.

Últimas de Economia