Servidor: Data do salário de fevereiro do estado sai semana que vem

Anúncio será feito a poucos dias do prazo de pagamento dos vencimentos referentes a março, previsto para 17 de abril

Por O Dia

Rio - Mais de 200 mil servidores estaduais enfrentam o maior período de atraso salarial desde quando a crise estourou. São 212.529 ativos, inativos e pensionistas que sofrem, pois deveriam ter recebido os vencimentos de fevereiro no dia 14 de março (10º dia útil do mês passado), mas até hoje nada.

Esse grupo saberá a data do crédito (ou das parcelas) na semana que vem, quando a Secretaria de Fazenda divulgará o calendário. E o anúncio será feito uma semana antes do prazo para pagar rendimentos de março, que é em 17 de abril.

Mais de 200 mil servidores estão sem salário de fevereiro e perigam sofrer atraso dos rendimentos de marçoAgência Brasil

O fato de o governo divulgar na semana que vem o calendário de fevereiro não garante que o depósito será feito também nos próximos dias. Além disso, o estado poderá sofrer a qualquer momento bloqueio nas contas devido ao não pagamento de dívida com a União. Se isso ocorrer vai prejudicar ainda mais o crédito do funcionalismo. Questionada, a Fazenda informou à coluna que não foi notificada sobre os confiscos até a tarde de ontem.

Segurança e Educação

Apenas as categorias da Educação e Segurança (bombeiros, agentes penitenciários, policiais civis e PMs) receberam fevereiro no 10º dia útil de março. Fontes da coluna afirmam que o estado pagará o salário de março desses grupos também no próximo dia 17 (10º dia útil).

A Educação tem conseguido pagar o salário integral — apenas dos ativos — com recursos do Fundeb. Inativos e pensionistas da pasta têm recebido parcelado, de acordo com o calendário do governo.

Já para pagar a Segurança — incluindo ativos, inativos e pensionistas — o estado usa verbas do Tesouro. Com o crédito em dia dessas categorias, o governo tenta evitar aumento da violência no estado, e impedir situações que já ocorreram, como manifestações de familiares de PMs nos batalhões.

Servidores da Saúde receberam na última sexta e nesta semana apenas 50% dos salários com verbas da secretaria. A outra parte será depositada conforme o calendário do estado. Já foram pagos integralmente ativos daFazenda, e os ativos e inativos da Procuradoria Geral do Estado.

Quanto aos outros Poderes, o estado só quitou o repasse de março do Judiciário. Alerj e Defensoria aguardam a finalização do pagamento do duodécimo de fevereiro e de março, e o MPRJ espera a integralidade de março.

Últimas de Economia