Previ-Rio prorroga contrato com Assim e negocia com Caberj

Novo plano será definido no fim do mês

Por O Dia

Rio - O risco que mais de 160 mil servidores ativos, inativos e pensionistas da Prefeitura do Rio corriam foi amenizado. O contrato do Previ-Rio com as duas operadoras (Assim e Caberj) de planos de saúde expira em 31 de maio, e não havia notícias de renovação ou de nova concorrência.

Em meio à indefinição, a autarquia conseguiu prorrogar por mais quatro meses o contrato do Assim com o reajuste de 4,41%.

Segundo o Previ-Rio, o aumento foi calculado com base no IPCA-E correspondente ao período entre o início e o fim do contrato (maio/2017). Além disso, a autarquia decidiu licitar no fim deste mês, antes do vencimento de atuais contratos com o Assim e a Caberj.

Agora, o presidente do Previ-Rio, Luiz Alfredo Salomão, que havia pedido demissão — mas o desligamento não ocorreu ainda —, tenta negociar com a Caberj para prorrogação do contrato por mais quatro meses. Hoje, haverá reunião com representantes da operadora. Mas se Salomão sair a situação pode ficar pendente.

Em nota, o Previ-Rio informou que o presidente do Grupo Assim, Aziz Chidid Neto, foi recebido ontem por Salomão, para tratar da prestação de serviços de assistência médica e odontológica aos funcionários da prefeitura.

A autarquia afirmou ainda que a extensão do contrato foi um meio de “evitar que os servidores municipais não fiquem sem cobertura do plano de saúde, durante eventual transição de uma operadora para outra, caso os atuais prestadores do serviço não vençam”.

A licitação será na modalidade pregão eletrônico. O vencedor poderá contratar imediatamente o seguro-saúde para o biênio 2017/2019. Além do Assim e Caberj, estão convidados Sul-América, Intermédica, Golden Cross, Bradesco e Amil, além dos demais planos de âmbito regional que estão associados à Abrange.

Últimas de Economia