Laboratórios dão desconto para quem não tem plano de saúde

Clínicas oferecem atendimento gratuito para gestantes e fisioterapia. Endereços e especialidades podem ser achadas no site das unidades

Por O Dia

Rio - A crise econômica que afeta o país eleva não só o número de desempregados, que segundo o IBGE já atinge 14,2 milhões de pessoas, mas também faz com que cresça uma legião de pessoas que não têm condições de arcar com os custos de um plano de saúde. Em alguns casos, um trabalhador garante assistência médica para toda a família. A perda do emprego ou do plano afeta toda família. Como fazer diante de um quadro tão desanimador? A saída é buscar preços mais em conta e planos que ofereçam atendimento médico a um custo reduzido, alerta o professor de Finanças do Ibemec e da Fundação D. Cabral, Gilberto Braga.

Para quem está sem plano e precisa fazer exame, a alternativa pode ser a clínica Ecodoppler, localizada na Tijuca, Zona Norte do Rio. Lá os exames cardiológicos, por exemplo, saem com até 50% de desconto. “Nosso objetivo é fazer exames de qualidade a preços acessíveis para todos aqueles que não têm plano de saúde e condições de pagar pelo valor integral dos exames”, explica Rogério Tasca, diretor médico da clínica.

Clientes podem fazer exame de ecodoppler na clínica na Tijuca. Procedimento sai com 50% de descontoDivulgação

Exames oferecidos

A unidade oferece os exames de eletrocardiograma, teste ergométrico, holter, mapa, ecocolordopplercardiograma, ecocolordoppler de carótidas, ecocolordoppler de aorta abdominal e ecocolordoppler de artérias renais são alguns dos exames que podem chegar a até metade do valor integral.

A clínica fica, no Centro Médico Saens Peña, na Rua Conde de Bonfim, 255, sala 217. A marcação dos exames pode ser feita pelo (21) 2567-0432, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h30.

“Precisei fazer exame de rotina e como perdi meu plano de saúde, um amigo indicou a clínica”, conta o digitador Marcelo Pereira, 41 anos.

Ele conta ao DIA que pesquisou valores antes de decidir onde fazer os procedimentos e a clínica da Tijuca teve o melhor custo-benefício. “O ecodoppler que sairia por R$ 600 acabou ficando em R$ 200. E o teste de esforço que pagaria R$ 200, saiu por R$ 150”, diz.

Outra rede que oferece atendimento com preço mais em conta, garantem seus representantes, é o laboratório Bronstein, que tem condições especiais para quem não tem plano. de saúde. Os endereços das unidades e exames oferecidos podem ser conferidos em www.bronstein.com.br.

“Os clientes contam com uma tabela de valores diferenciados, o que torna ainda mais acessível o serviço especializado de exames de análises clínicas e imagem”, afirma Mônica Freire, que é diretora médica do laboratório.

Ação em parceria com o Hemorio

Ação solidária vai movimentar a Região da Leopoldina no próximo sábado, no dia 27. Em parceria com o Hemorio, a clínica Dr. Solidário abrirá as portas das 9h às 17h para receber doadores de sangue.

Vale lembrar que para doar sangue é preciso estar bem de saúde, levar documento de identidade original com foto, não estar com sintomas alérgicos no momento da doação e ter idade entre 16 e 69 anos.

O menores de idade que quiserem participar da ação devem levar o termo de autorização disponível no site www.hemorio.rj.gov.br assinado por um responsável.

Acima de 61 anos, a doação só será possível se a pessoa já tiver doado sangue pelo menos uma vez na vida, não importando o tempo.

“Não é necessário estar em jejum, apenas evitar alimentos gordurosos três horas antes da doação”, alerta o diretor da clínica, Sidiney Costa.

A Dr. Solidário fica na Rua Cardoso de Morais 194, em Bonsucesso, na Zona Norte. Quem quiser participar ou obter mais informações deve ligar para (21) 3258-1236 e 3258-0581.

Clínica tem preços baixos e atendimento gratuito

A gestante Márcia Azevedo%2C de 38 anos%2C durante atendimento médico na clínica Dr. SolidárioDivulgação

Inaugurada em Bonsucesso no início deste ano, a clínica Dr. Solidário oferece atendimento médico gratuito todos os sábados para gestantes e sessões de fisioterapia às terças e quintas-feiras. Além desses atendimentos sem custo, o diretor da clínica Sidiney Costa informa que o atendimento médico tem preços populares.

Há consultas nas áreas de cardiologia, ortopedia, ginecologia, pediatria, fonoaudiologia, mastologia, psiquiatria, dermatologia e nutrição por preços que variam de R$ 90 a R$ 150. Quem não quiser agendar atendimento gratuito, pode fazer as sessões de fisioterapia a partir de R$ 10.

A consulta é feita pelos alunos dos 7º e 8º períodos do curso de Fisioterapia da Faculdade Gama e Souza.

De acordo com ele, a proposta da clínica é dar uma “nova roupagem” a um modelo de negócio de impacto social de alta qualidade, em que os pacientes podem ter acesso à saúde e ser atendidos por médicos experientes. Os profissionais trabalham em outras clínicas e hospitais renomados da cidade.

E foi esse atendimento diferenciado que levou a fisioterapeuta Márcia Azevedo, 38 anos, a procurar a clínica. “Ao contrário do que imaginamos quando se fala em clínica popular, o que encontrei foi um ambiente acolhedor e o atendimento médico excepcional”, conta a mãe da pequena Mariana, nascida em 20 de fevereiro.

As próximas localidades que vão receber unidades da clínica são: Campo Grande, Baixada, Pilares e Madureira, informa o seu idealizador

As marcações devem ser feitas pelo www.drsolidario.com.br ou pelo telefone (21) 3258-1236. A Dr. Solidário fica na Rua Cardoso de Moraes 194, em Bonsucesso.

Últimas de Economia