Sérgio Malta: cuidado com os gastos excessivos

É bom tomar cuidados para evitar gastos excessivos para que a conta não suba

Por O Dia

Rio - Grande parte da energia elétrica produzida no Brasil provêm de usinas hidrelétricas, que dependem das chuvas. Por isso, a nossa conta de luz oscila a cada mês não só pela variação de consumo mas também devido às bandeiras tarifárias, vermelha, mais cara, amarela, um pouco menos, e verde, de acordo com a situação dos reservatórios de água das hidrelétricas. Se os reservatórios estão cheios, as usinas térmicas não precisaram ser acionadas e a bandeira, então é verde, sem acréscimo na conta. Se o período está seco, tem pouca água nos reservatórios, então temos que acionar as usinas movidas a óleo e a bandeira se torna vermelha.

Por isso, é sempre bom nunca esquecermos de tomar cuidados para evitar gastos excessivos a fim de evitar que a conta venha muito alta. Banho quente em dia mais frio é relaxante. Se o chuveiro for elétrico, tome banho de, no máximo, dez minutos. Use a chave na posição verão para economizar até 30% de energia e limpe os buracos por onde a água sai, para aumentar a vazão. Se a resistência queimar, troque, não faça remendos que, além de perigosos, desperdiçam energia.

Geladeiras e freezers merecem atenção. O degelo tem sempre de ser feito na época certa. O acumulado obriga o motor a trabalhar mais e gasta energia. Não use a grade traseira para secar roupa. Força mais o motor. É sempre bom lembrar que não se deve guardar alimentos quentes nem ficar abrindo e fechando a porta toda hora. E, mais uma dica, os dois aparelhos devem ficar em locais ventilados, longe do fogão e de áreas expostas ao sol.

Para iluminar a casa, a primeira coisa é pintar paredes de cores claras. Isso ajuda a usar menos a energia. Adote lâmpadas fluorescentes ou de LED. Uma fluorescente de 40 watts ilumina mais que a incandescente de 150 watts e dura dez vezes mais. Mantenha lustres limpos e não esqueça de apagar a luz sempre que sair do cômodo.

Não é bom esquecer de juntar várias roupas para usar a máquina de lavar. O mesmo vale para o ferro de passar. micro-ondas, laptops, DVDs, com exceção da geladeira podem ser retirados da tomada quando saímos de viajar. Devemos sempre optar por equipamentos com Selo Procel categoria “A”.

Além dos ganhos financeiros, consumo consciente é atitude necessária numa era em que os recursos naturais são escassos e o ritmo de consumo e geração de resíduos ameaçam o modo de vida das futuras gerações.

Últimas de Economia