Consórcio do Banco Fator ganha pregão para venda da Cedae

Proposta vencedora de R$ 6,787 milhões representa desvalorização de 75,12% ao valor máximo estimado

Por O Dia

Rio - O consórcio composto pelo Banco Fator S/A, Concremat Engenharia e Tecnologia S/A e Vernalha Guimarães & Pereira Advogados Associados foi o vencedor do pregão eletrônico realizado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para definir a modelagem de venda da Cedae.

A Concremat foi responsável pela construção da Ciclovia Tim Maia. Em 21 de abril de 2016, após uma forte onda bater na pista, parte da via caiu, deixando duas pessoas mortas. Em janeiro, 80% das ações da empresa foram vendidas para o grupo chinês CCCC.

De acordo com o BNDES, o grupo será responsável pela "contratação de serviços técnicos especializados necessários à estruturação de projeto de desestatização dos serviços de água e esgoto prestados pela Companhia Estadual de Águas e Esgotos Cedae, no Estado do Rio de Janeiro".

A instituição financeira informou que o valor da proposta do consórcio vencedor foi de R$ 6,787 milhões, o que representou uma desvalorização de 75,12% em relação ao valor estimado e máximo da licitação, que era de R$ 27,273 milhões.

O contrato, segundo o banco, deverá acontecer nas próximas semanas. E após a assinatura o grupo vencedor terá sete meses para conclusão de seus trabalhos.

Ao todo, 11 consórcios cadastraram propostas no sistema Comprasnet, do governo federal.

Últimas de Economia