Rodrigo Maia prorroga prazo de adesão ao Refis até fim de setembro

Presidente em exercício avisa pelo Twitter empresas podem entrar no programa de parcelamento de débitos até dia 29 do mês que vem

Por O Dia

O presidente em exercício, Rodrigo Maia, afirmou nesta noite de quarta-feira, 30, em sua conta no Twitter que editou Medida Provisória (MP) para estender o prazo de adesão ao programa de parcelamento de débitos tributários, o Refis, para 29 de setembro. Inicialmente, os devedores teriam até esta quinta-feira, 31, para ingressar no programa.

"Após acordo com líderes, acabo de editar a Medida Provisória que prorroga o prazo de adesão ao Refis até o dia 29 de setembro", disse.

A edição da MP para estender o prazo é uma tentativa de acalmar parlamentares da base aliada que temiam a interrupção das adesões e, ao mesmo tempo, negociam com o governo condições ainda mais vantajosas de descontos no Refis. Na terça-feira, essas tratativas acabaram respingando no andamento das votações no plenário do Congresso Nacional em meio à expectativa de apreciação do projeto que autoriza a mudança das metas fiscais deste e do próximo ano para um rombo maior.

A dispersão da base acabou jogando a conclusão da votação dos vetos presidenciais, que antecedem o projeto de alteração nos objetivos fiscais, para esta quarta. Até agora a discussão sobre o novo déficit das contas públicas ainda não começou.

Últimas de Economia