Servidores da Faetec decretam greve a partir desta sexta-feira

Decisão foi tomada nesta quarta-feira, devido ao atraso salarial de agosto

Por O Dia

Rio - Os professores e demais servidores da Faetec decidiram, em assembleia nesta quarta-feira, decretar greve da categoria por tempo indeterminado, devido ao atraso do salário de agosto.

A assembleia ocorreu na unidade de Quintino e não há previsão de data para nova reunião da categoria. Segundo o presidente do SindpeFaetec, Marcos Freitas, a decisão foi tomada também com base no risco do atraso do pagamento do salário de setembro.

Servidores da Faetec decretam greve a partir desta sexta-feiraDivulgação

"A greve por tempo indeterminado foi aprovada por causa da falta do pagamento de salários de agosto, e a iminência de mais um atraso salarial referente a setembro", disse o sindicalista.

A partir desta quarta, eles farão uma paralisação de 48 horas, e já na sexta-feira será iniciada a greve. O governo estadual pagou mais de 80% da folha do funcionalismo. Ainda restam receber o salário de agosto mais de 70 mil servidores ativos, aposentados e pensionistas.

A próxima assembleia (que definirá o fim ou manutenção da greve) só ocorrerá quando os pagamentos forem regularizados.

Últimas de Economia