Rio perde 4,7 mil empregos

O estado foi o que mais perdeu postos em setembro

Por O Dia

Rio - O Rio segue na contramão da geração de empregos no país. O estado foi o que mais perdeu postos em setembro. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregos (Caged), foram fechadas 4.766 vagas formais mês passado.

De acordo com o Ministério do Trabalho, o cadastro foi positivo em 20 das 27 unidades da federação. O melhor resultado foi em Pernambuco, que abriu 13.992 novos empregos. Além do Rio, Minas Gerais (-4.291) e Goiás (-3.493) tiveram as maiores reduções de emprego em setembro.

Enquanto isso, o país abriu 34.392 vagas de emprego formal no mês passado. Trata-se do sexto aumento consecutivo no número de postos de trabalho com carteira assinada. O resultado decorre de 1.148.307 admissões e de 1.113.915 demissões.

O salário médio de admissão teve queda real de 0,83% em setembro ante agosto, para R$ 1.478,52. Na comparação com setembro de 2016, alta foi de 5,59%.

 

Últimas de Economia