Marcelo Caetano: governo não 'jogou a toalha' sobre reforma da Previdência

Secretário participou de reunião de líderes da base do governo com o presidente para discutir a reforma

Por O Dia

Brasília - O secretário de Previdência Social do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, afirmou nesta terça-feira ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, que o governo não "jogou a toalha" para a reforma da Previdência. Segundo ele, as duas próximas semanas serão decisivas para a aprovação da reforma.

"De forma alguma o governo jogou a toalha. Pelo contrário, essas duas semanas vão ser o momento decisivo. Vamos articular para aprovar a reforma", afirmou Caetano, que participou de reunião de líderes da base do governo com o presidente para discutir a reforma da Previdência.

O secretário lembrou que o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, destacou hoje que não há recuo em relação à reforma da Previdência. "A conta (da Previdência) está aí. Vamos trabalhar, sim, bem articulados, principalmente com o Congresso", afirmou. Segundo ele, a decisão está no Congresso.

Últimas de Economia