Tenha cuidado com preço maquiado de produtos na Black Friday

Especialistas orientam consumidores para que não caiam em promoções com falsos descontos e em fraudes no evento que acontece na próxima sexta-feira

Por O Dia

Rio - Para quem quer aproveitar as ofertas, um dos dias mais esperados é a Black Friday que acontece na próxima sexta-feira. Durante a data diversas lojas, físicas e online, oferecem grandes promoções. No entanto, é preciso ficar atento para no fim das compras, o consumidor não se sentir lesado com a sensação de que pagou mais por menos. Por isso, especialistas alertam os consumidores para não caírem no conto do desconto maquiado.

Para Paulo Simões, do escritório Basile Advogados, um dos principais pontos é prestar atenção aos preços antes do evento promocional. "Em anos anteriores, dias antes da Black Friday, lojas aumentaram o valor dos produtos, o que fez parecer com que o desconto fosse generoso na data, quando, na verdade, correspondiam ao valor real do item. A prática é ilegal e pode gerar reclamações nos Procons e até ações judiciais se o consumidor for lesado", afirma.

Especialistas orientam consumidores para que não caiam em promoções com falsos descontos e em fraudes no evento que acontece na próxima sexta-feiraArte%3A O Dia

É importante que o comprador esteja ligado nos preços, principalmente nas ofertas anteriores. O ideal é sempre guardar os anúncios de jornais, revistas, encartes e até mesmo tirar fotos das páginas eletrônicas onde as promoções aparecem.

"De posse das ofertas anteriores é possível exigir que as empresas cumpram e vendam o produto, conforme o Código de Proteção e Defesa do Consumidor em seu Artigo 35, exigindo cumprimento forçado da obrigação, aceitar outro produto ou prestação de serviço equivalente e rescindir o contrato, com direito à restituição de quantia eventualmente antecipada, monetariamente atualizada, e a perdas e danos", explica o advogado.

O consumidor também pode se deparar com problemas na compra. "Muitas vezes, finaliza a aquisição e dias depois é informado que não possui mais a mercadoria no estoque. Nesses casos, o cliente pode exigir o cumprimento da publicidade veiculada, com a entrega do produto adquirido, ou optar pela devolução integral do valor pago, além de eventual indenização por perdas e danos", orienta Alan Melo, da Vieira Cruz Advogados.

Dicas para fazer uma compra segura

Para evitar que o consumidor tenha dores de cabeça com o produto ou serviço adquirido na Black Friday, há sites que fazem comparações de preços, o que ajuda a não cair em armadilhas de preços camuflados, como o portal www.blackfriday.com.br. Além disso, a empresa de soluções digitais Proxy Media criou o "Black Friday de Verdade" com a proposta de oferecer descontos reais.

"As marcas assinaram um compromisso para seguir os termos do órgão de defesa do consumidor e oferecer compra vantajosa e segura", explica Francisco Cantão, sócio da Proxy Media.

Certifique-se que a loja possui conexão de segurança nas páginas em que são informados dados pessoais do cliente como nome, endereço, documentos e número do cartão de crédito. Geralmente são iniciadas por https:// e o cadeado está ativado. "Isso demonstra que é um ambiente web seguro para a troca de informações", ressalta a advogada Luciana Cruz.

Ao receber e-mail com promoção, verifique o endereço eletrônico para se certificar se a empresa é conhecida. Se houver erros gramaticais na mensagem ou links duvidosos é sinal para ficar alerta. Caso tenha dúvida, entre no site separadamente - sem ser pelo link enviado.

"Muitas fraudes ocorrem na hora do pagamento. Lojas que apenas aceitam transferência bancária ou boleto tornam-se suspeitas, pois essas modalidades não oferecem uma possibilidade de estorno posterior. Ao usar o cartão de crédito, as administradoras possuem maior poder de ação", afirma Paulo Simões.

Confira as ofertas

- Shopping Bay Market

Na Calçapé, sandália de R$89,90 sairá por R$49,90 e tamanco de R$79,90 por R$49,90. Na Mahallo, vestido de crepe R$69,90 por R$39,90 e vestido longo de R$69,90 por R$49,90.

- Peixe Urbano

Ipad Air com 32GB ou 128GB sairá a partir de R$ 2.499,90 e estadia no resort Thermas de Olímpia em São Paulo com até 7 noites para dois adultos e cortesia para até três crianças de até 12 anos sairá a partir de R$ 129.

- Shopping Jardim Guadalupe

Mochila de R$159,90 custará R$119,90 na Bagaggio.

- West Shopping

Jaqueta feminina de R$ 259,99 por R$ 119,99 na Hering e perfumes Very Irrésistible Rose Givenchy (75ml) e Le Male Popeye Jean Paul Gautier (125ml) de R$ 449 por R$ 219 cada um.

- Américas Shopping

Na Santa Lolla, sandália alta 'Nó Ouro' de R$ 249,90 por R$ 99,90 na Santa Lolla e armação de óculos Mormaii de R$ 400 por R$ 180 na Ótica Golden do Bairro.

- Via Varejo

Nas lojas da Casas Bahia, com o cartão próprio o pagamento pode ser em até 14x sem juros em produtos selecionados e no carnê em até 24x, nessa condição os clientes só começam a pagar em 2018. Para o Ponto Frio, no site e nas lojas físicas o cliente que possuí o cartão da bandeira pode parcelar as compras em até 18x sem juros também para produtos selecionados.

Reportagem da estagiária Marina Cardoso, sob supervisão de Max Leone