Servidor: depósito do 13º deve entrar nesta quinta. Será?

Prefeitura do Rio divulga data errada e após trapalhada antecipa primeira parcela do abono natalino

Por O Dia

Rio - Após ter divulgado o pagamento da primeira parcela do 13º salário dos servidores municipais para o dia 30 deste mês, a Prefeitura do Rio voltou atrás e antecipou o crédito do benefício para hoje. A decisão foi divulgada após um vídeo publicado na página do prefeito Marcelo Crivella, no Facebook, no qual ele se atrapalha e diz que depósito seria feito ontem e, depois, diz que pagaria até hoje.

A informação porém pegou até os próprios servidores municipais de surpresa, que aguardaram durante todo o dia de ontem o crédito na conta. Ao contrário do que geralmente ocorre, a divulgação do pagamento do benefício não foi publicada no Diário Oficial. Apenas no fim da tarde, a prefeitura confirmou, em nota da Casa Civil, o depósito de R$ 398 milhões referentes à primeira parcela do 13º para cerca de 173 mil servidores ativos, inativos e pensionistas.

Em reunião com governadores%2C presidente Temer confirmou a Pezão que vai liberar recursos do FEXMarcos Corrêa / PR

A folha de pagamento começou a ser processada ontem e o dinheiro, segundo a prefeitura, entraria na conta hoje, ao longo do dia.

Nesta primeira parcela, os funcionários recebem 50% do salário bruto. Os descontos relativos ao Imposto de Renda e previdência só são feitos na segunda parcela. Ainda não há uma data para o crédito dos 50% restantes. Segundo a prefeitura, serão depositados em dezembro. Por lei, o pagamento deve ser efetuado até o dia 20 do mês que vem.

Cartão cesta de Natal

Ainda não se sabe se os servidores vão receber este ano o Cartão Cesta de Natal, bônus que é dado aos servidores ativos e inativos que recebem vencimentos até R$6.559 (sete salários mínimos). O benefício foi regulamentado em 2016 pelo ex-prefeito Eduardo Paes, que pagou o bônus no dia 12 de dezembro do ano passado.

Pezão entrega contrato e aguarda decisão hoje do Tesouro Nacional

O governador Luiz Fernando Pezão entregou ontem, em Brasília, o contrato que formaliza o empréstimo de R$ 2,9 bilhões que o banco francês BNP Paribas fará ao Estado do Rio. O governador disse à Coluna que hoje, o secretário estadual de Fazenda, Gustavo Barbosa, se reunirá com representantes da instituição e do Tesouro Nacional para tratar da operação. No entanto, ainda não se sabe quando o empréstimo será creditado na conta para o pagamento dos salários atrasados dos servidores. "Temos que aguardar a reunião", disse.

Pezão confirmou que o presidente Michel Temer vai liberar recursos do Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX). O fundo é para compensar os estados pelas perdas com a Lei Kandir. O valor previsto no orçamento de 2018 é de R$ 1,9 bilhão. "A gente sempre quer mais", reclamou o governador.

Pessoal das OSs receberá outubro

O pagamento dos salários de outubro dos funcionários das Organizações Sociais (OSs) será feito nos próximos dias com a liberação de R$58 milhões. A informação foi dada ontem pela prefeitura, após reunião com as instituições ligadas à Saúde do município. As unidades receberão medicamentos e insumos no sábado com a liberação de R$ 30 milhões para o reabastecimento da rede.

Últimas de Economia