Salário mínimo será de R$ 965 em 2018

O salário definitivo, porém, só será conhecido após o presidente Michel Temer assinar decreto atualizando o piso, com base na legislação

Por O Dia

Rio - O salário mínimo em 2018 será de R$ 965. O valor faz parte do Orçamento da União para o próximo ano aprovado ontem pela Comissão Mista de Orçamento (CMO) do Congresso Nacional. O texto agora seguirá para análise do plenário, em sessão conjunta formada por deputados e senadores. A proposta representa apenas aumento de 2,99% sobre o valor atual de R$ 937

O salário definitivo, porém, só será conhecido após o presidente Michel Temer assinar decreto atualizando o piso, com base na legislação. Esse valor é o mesmo pago a aposentados e pensionistas do INSS que ganham o piso previdenciário.

A primeira previsão do governo apontava um mínimo de R$ 979, em seguida passou para R$ 969 e agora está em R$ 965, ou seja, R$ 14 menor. Isso ocorre porque o mínimo é definido por um cálculo que leva em conta a inflação do ano anterior e o crescimento do PIB de dois anos antes.

O relatório aprovado pela CMO, apresentado pelo deputado Cacá Leão (PP-BA), destina R$ 1,7 bilhão para o fundo eleitoral que financiará as campanhas políticas com dinheiro público.

O Fundo Partidário, que já existia e prevê repasse de dinheiro para as legendas, terá o valor de R$ 888,7 milhões, proposto pelo governo.

Também está previsto que R$ 250 milhões serão destinados à implantação do voto impresso, exigência prevista na reforma política aprovada em outubro

Últimas de Economia