Projeto voltado para moradoras de comunidades abre vagas para curso de maquiagem

Aulas começam a partir de terça-feira, no Engenho da Rainha, na Zona Norte do Rio

Por O Dia

Rio - Modelo de inclusão social nas grandes cidades para a ONU, a ONG Favela Mundo abriu oficinas de maquiagem para moradoras de comunidade do Rio. Voltadas para o empreendedorismo, as aulas começam a partir de terça-feira, no Engenho ra Rainha, e vão ter quatro semanas de duração.

Foram abertas 30 vagas para moradoras de comunidades do Rio com mais de 15 anos. O objetivo é capacitar as alunas para trabalhar em casamentos, festas e cerimônias sociais e ainda desenvolver técnicas de auto maquiagem.

Curso vai ser destinado%2C preferencialmente%2C a mulheres acima de 15 anos que moram em comunidadesDivulgação

“Nosso maior objetivo é oferecer capacitação nessa região tão carente de projetos sociais e de boas oportunidades de crescimento profissional. O curso de maquiagem é excelente para que as alunas redescubram seu potencial. Queremos fomentar o empreendedorismo social, a formação de cooperativas e fazer com que, mesmo na crise, essas mulheres possam ter formas de ganhar dinheiro sem depender das vagas formais nas empresas, cada vez mais escassas”, observa Marcelo Andriotti, diretor da ONG.

O projeto é patrocinado pela Prefeitura, MetrôRio e Secretaria municipal de Cultura. E fica, em média, um ano em cada comunidade, despertando o interesse dos alunos pela cultura.

MAIS DE 500 CAPACITAÇÕES

A ONG também busca incentivar a continuidade dos estudos nas escolas regulares. Além das oficinas de capacitação do Projeto Favela Mundo, a ONG também tem o projeto ‘A Arte Gerando Renda’. Também voltado para mulheres, o curso já capacitou mais de 500 jovens.

BRILHO NA SAPUCAÍ

É o caso, por exemplo, de Rosângela Pereira, que aprimorou suas técnicas de maquiagem artística no Complexo da Maré, em 2015. No ano passado, a qualificação profissional já deu resultados, quando ela coordenou uma equipe com mais de 20 maquiadores no desfile da Mangueira. Neste ano, o trabalho dela voltou a brilhar na Sapucaí, ao fazer a maquiagem de foliões da Mangueira, Beija Flor e Imperatriz Leopoldinense. “O curso me ajudou a ampliar minha visão e aprender novas técnicas”, elogia.

COMO SE INSCREVER

Pessoas interessadas na oficina devem ir à Escola municipal Marechal Estevão Leite de Carvalho, na Avenida Pastor Martin Luther Jr 3217, no Engenho da Rainha, onde ocorrerão as aulas. Para se inscrever, é preciso levar cópia da identidade, CPF e comprovante de residência. As vagas são destinadas, preferencialmente, a mulheres com mais de 15 anos. Mais informações também podem ser obtidas no telefone 2236-4129 ou no site www.favelamundo.org.br.

ONU

A ONG Favela Mundo participou de vários eventos e encontros realizados ou apoiados pela ONU. O mais recente deles foi em agosto do ano passado, no Marrocos, durante o NAIMUN – maior conferência mundial sobre terceiro setor.

FORA DO PAÍS

Ao todo, foram 200 representantes de 30 países na conferência. A Favela Mundo foi a única ONG brasileira participando do encontro. Além disso, a ONG também representou o Brasil em eventos no México, Cuba e Estados Unidos.

Últimas de _legado_Empregos e Negócios