MEIs com pagamento em dia em áreas com atendimento

Estudo feito pela FGV aponta aumento de adimplência em 31 comunidades do Rio

Por O Dia

Rio - Levantamento da Fundação Getúlio Vargas (FGV) constatou que os microempreendedores individuais (MEIs) atendidos pelo Sebrae-RJ tendem a ser mais adimplentes se comparados com aqueles que buscam a formalização por conta própria. No estudo, feito em 31 comunidades da cidade do Rio entre março de 2012 e novembro de 2015, ocorreram 20.191 atendimentos.

Pesquisa indica aumento de 15% de adimplência de microempreendedores em áreas assistidas pelo SebraeDivulgação / Agência Sebrae

Os resultados indicam que o atendimento nas sessões de orientação aumentaram a contribuição mensal do MEI, em média, em 15% no período das orientações. O resultado destaca a importância da abordagem individual nos pontos de atendimento instalados nas comunidades. “É a primeira vez em que um estudo científico comprova, com rigor metodológico, o excelente trabalho do Sebrae-RJ ao apoiar microempreendedores em manter as suas atividades formais nas comunidades cariocas”, argumenta Anna-Katharina Lenz, uma das responsáveis pela pesquisa.

O levantamento também observou que as mulheres são as mais adimplentes (53%). E que, aparentemente, não há relação entre a capacidade econômica do empreendedor e o pagamento do Documento de Arrecadação Simplificada do MEI (DAS-MEI). De acordo com a analista Fabiana Xavier Ramos, a assistência técnica oferecida pelo Sebrae/RJ possui maior impacto na adimplência e na busca por capacitações. “Os resultados do estudo tornaram evidente que é necessário formatar um modelo de atendimento individual e escalável, ao considerar que esse público precisa de uma operação assistida nos primeiros momentos. Esse é o desafio”.

Estudos na Maré

Anna-Katharina Lenz também destaca que a próxima questão é como aumentar a formalização do pequeno empreendedor. “Os estudos em andamento no Complexo da Maré buscam alternativas para aprimorar ainda mais as futuras atividades do Sebrae-RJ e aumentar a sua eficiência e custo-benefício”, antecipa.

Na semana passada, foi encerrado o prazo para o MEI fazer a Declaração Anual do Simples Nacional (DASN). O prazo para entrega da declaração é referente ao faturamento do ano passado. Caso não apresente a declaração anual, haverá a cobrança de multa e o empreendedor ficará impedido de gerar a DAS, documento de pagamento mensal obrigatório pelo MEI, ficando inadimplente com o Simples Nacional e poderá ficar até sem cobertura previdenciária.

Palestra sobre liderança em Guadalupe

O Sebrae-RJ inicia hoje, a partir das 19h, a agenda de palestras de junho em parceria com o Shopping Jardim Guadalupe. O evento tem como objetivo dar suporte informativo e esclarecer dúvidas de quem já tem um negócio e quer se aprimorar.

O tema será ‘Liderança’, com conceitos teóricos sobre habilidades comportamentais, práticas de inteligência emocional, características pessoais, qualificações, competência e processos de comunicação.

Os próximos temas serão ‘Negociação e Truques’, ‘Gestão Empresarial’ e ‘O Microempreendedor Individual para Começar Bem’. As aulas são gratuitas. Para participar, interessados devem ir à loja do Sebrae no shopping.

Últimas de _legado_Empregos e Negócios