Motéis esperam receber 3 mil casais até o Dia dos Namorados

Setor espera registrar um crescimento de 20% em comparação ao movimento registrado no ano passado

Por O Dia

Rio - Na semana que antecede o Dia dos Namorados, comemorado na próxima segunda-feira, o setor moteleiro já entrou no clima para esquentar os negócios. Nos quartos e no faturamento. A Associação Brasileira de Motéis (Abmotéis) estima um crescimento de 20% nas locações de quartos no país nos próximos dias em comparação ao mesmo período do ano passado. A projeção é atrair 3 mil casais até 12 de junho.

Representantes do segmento de motéis apostam em promoções e atrações para fisgar os casaisDivulgação

Essa projeção é impulsionada por promoções e opções que facilitam a procura de um lugar, digamos assim, mais reservado por quem tem segundas intenções nesses dias marcados por romantismo entre os casais. Se o amor está no ar, os empresários do setor aproveitam o momento para lucrar.

Além das promoções, neste ano a novidade fica por conta do sistema de reservas online de suítes e a possibilidade de parcelamento em até três vezes sem juros. A ação é uma parceria entre a associação, a marca de preservativos Jontex e o Guia de Motéis, um dos principais portais com opções do segmento. A iniciativa começou ontem e só termina na próxima segunda. É a Jontex Love Week, com opções de reservas para o dia mais romântico do ano com antecedência e pacotes especiais em motéis de todo o país, incluindo o Rio. As reservas podem ser feitas pelo site jontexloveweek.com.br.

Motéis estão com reservas online de suítes e a possibilidade de parcelamento em até três vezes sem jurosDivulgação

Helicóptero ou limusine?

O público também terá experiências dentro dos pacotes, como voo de helicóptero, passeio de limusine e jantar um prato refinado elaborado por um chef famoso. “O mercado moteleiro vem se reinventando com novas suítes e fachadas, cardápios e equipamentos, que se tornaram essenciais para que os estabelecimentos se diferenciem em um setor altamente competitivo”, afirma Eusébio Ribeirinha, presidente da Abmotéis.

No Brasil, existem aproximadamente 5 mil motéis, que movimentam R$ 3,5 bilhões por ano. O setor emprega, em média, 50 funcionários por motel ou quase 250 mil funcionários diretos. Indiretamente, mais de 300 mil pessoas no país possuem atividade profissional graças ao setor, incluindo prestadores de serviçoterceirizados ou empregados de empresas fornecedoras. A categoria estima que os motéis hospedem cerca de 100 milhões de pessoas por ano. Os novos motéis, que investem em ambientes com qualidade e serviços de hotelaria vão crescer a uma taxa média anual de 10%.

Aposta na expansão do segmento

Fundada em setembro de 2012, a Associação Brasileira de Motéis (Abmotéis) é a única representante dos motéis do Brasil. Atualmente, a sua diretoria é composta por representantes de 16 estados e pelo Distrito Federal, com o objetivo de coordenar, orientar e defender os interesses dos seus associados, representados pelas empresas do ramo moteleiro em todas as regiões do país. A entidade tem a missão de profissionalizar e desenvolver o segmento moteleiro, estimulando o empresário do ramo a seguir com os investimentos, expandindo suas empresas e gerando mais empregos. A instituição tem no seu quadro de associados cadastrados mais de mil estabelecimentos.

Últimas de _legado_Empregos e Negócios