Marina encosta em Dilma e ganharia no segundo turno, diz pesquisa CNT

Candidata do PSB tem 28,2% das intenções de voto e Dilma tem 34,2%; Aécio Neves tem 16%, aponta relatório

Por O Dia

Rio - Um dia após a divulgação da pesquisa do Ibope que mostrou a candidata à Presidência Marina Silva (PSB) na segunda colocação, sondagem da CNT (Confederação Nacional do Transporte), feita pelo instituto MDA, reiterou a posição da ex-senadora na disputa.

Na pesquisa, Marina aparece com 28,2% das intenções de voto no primeiro turno. A presidenta Dilma Rousseff (PT) está na liderança com 34,2%. Aécio Neves (PSDB) tem 16%. A margem é erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos.

O candidato do PSC, Pastor Everaldo, tem 1,3% das intenções de votos. Os demais candidatos não somaram 1% individualmente. Votos brancos e nulos alcançam 8,7%, enquanto 10,4% dos entrevistados não responderam.

A pesquisa simulou três cenários para o segundo turno. Marina venceria tanto Dilma quanto Aécio, enquanto a presidenta bateria Aécio. No cenário entre Dilma e Marina, a ex-ministra do Meio Ambiente teria 43,7%, contra 37,8% da presidenta. Disputando com Aécio, Marina teria 48,9% dos votos, enquanto o tucano ficaria com 25,2%. Na briga entre Dilma e Aécio, a petista levaria 43% dos votos, enquanto o senador teria 33,3%.

A sondagem aponta um alto índice de rejeição entre os candidatos, especialmente em relação a Dilma, que não seria votada por 45,5% dos entrevistados.

Sobre Aécio, 40,4% dos eleitores responderam que não votariam nele de jeito nenhum. A rejeição de Marina foi de 29,3%. No total, 72,95% dos eleitores não pretendem mudar o voto até o dia do pleito. A maioria das pessoas que já está decidida a votar em Dilma (76,9%). Foram entrevistadas 2.002 pessoas, em 137 cidades , entre os dias 21 e 24 de agosto.

No Rio, petista tem voto acima da média nacional. Tucano fica abaixo

Na corrida presidencial, o voto do fluminense se diferencia da média nacional. Na pesquisa de intenção de voto feita pelo Ibope nos estados, a presidenta Dilma Rousseff aparece com uma liderança mais elástica do que no cenário nacional.

Marina fica em um patamar estável e Aécio fica abaixo da média no terceiro colégio eleitoral do país.

De acordo com o Instituto, a presidenta tem 38% da preferência no Rio, ante 34% no país. Marina, que tem 29% das intenções de voto na média nacional, aparece com 30% no estado. Aécio tem 11% dos votos no Rio. No Brasil, aparece com 19%.

Nos estados, a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

O cenário no Rio é bem diverso de São Paulo, o maior colégio eleitoral do país. Por lá, Marina lidera a corrida já no primeiro turno, com 35% dos votos, seguida de Dilma, com 23%, e Aécio, com 19%.

Em Minas Gerais, o segundo maior colégio e estado natal de Aécio, ele tem os votos de 34% do eleitorado, ocupando a primeira posição. Dilma fica em segundo lugar, com 31%, seguida de Marina, com 20%.

A pesquisa também mostra que Marina conseguiu captar os votos de Eduardo Campos em Pernambuco, estado do ex-governador e tradicional reduto de votos do PT. No estado, ela aparece com 41% das intenções de voto.

A presidenta vem logo atrás, com 41%. O senador tucano fica com apenas 3% dos votos. Todas as entrevistas foram feitas entre os dias 23 e 25 de agosto.

Últimas de _legado_Eleições 2014