TV Zona Eleitoral: Carnaval ameaçado no Rio

Prestem atenção no nome da candidata a federal que quer ajudar os artistas: Mara Divugadora, do PDT

Por O Dia

Rio - Não tem jeito, a gente sempre lembra do sambista malandro. Bastou Luciene, do conjunto CCPL, contar que o sujeito apareceu sem avisar, bebeu café na xícara velha, conversou com todos e só depois alguém avisou que se tratava do governador Pezão.

Sai da reta que lá vem Marco Furtado%2C candidato e Clóvis%2C boladão Reprodução

O partideiro cantava: “Ele subiu o morro sem gravata, dizendo que gostava da raça, foi lá na tendinha, bebeu cachaça, e até bagulho fumou...”.

Na música, a problemática ocorreu quando o dito cujo passou pela macumba e a entidade incoporada chiou, desancou o boneco e pediu para a turma votar com cuidado. Era o ‘Candidato Caô Caô’. Bezerra da Silva faz falta.

Sempre ouvindo os últimos gritos do mundo fashion, o repórter Caio Barbosa revelou ontem nas páginas que o presidenciável tucano implantou penas no cocuruto para manter a fama de galã. E Dilma, apesar do Coração Valente, trocou na boca o vermelho pelo rosa bebê. Quase a mesma cor do batom de Aécio, repara só.

Prestem atenção no nome da candidata a federal que quer ajudar os artistas: Mara Divugadora, do PDT. Darcy Ribeiro deu quantas voltas lá embaixo?

E vem do candidato Jorge Cerqueira, do DEM, a proposta de maior apelo popular: “Sou contra o Carnaval do Rio de Janeiro!”

Últimas de _legado_Eleições 2014