Datafolha divulga as intenções de voto para presidente em 6 estados e no DF

Marina Silva está na frente de Dilma e Aécio no Rio de Janeiro, São Paulo, Pernambuco e no Distrito Federal

Por O Dia

Rio - A presidenciável Marina Silva (PSB) abriu seis pontos de vantagem contra Dilma Rousseff no Estado do Rio. De acordo com pesquisa do Datafolha divulgada nesta sexta-feira, a ex-senadora tem 37% da preferência do eleitorado fluminense. Dilma (PT) aparece com 31%. Mas as duas estão tecnicamente empatadas, pois a margem de erro é de três pontos, para mais ou para menos.

O senador Aécio Neves (PSDB), candidato que teve o maior número de compromissos no Rio até agora, tem 11% das intenções de voto. O cenário no estado, terceiro maior colégio eleitoral do país, mostra o índice de Marina acima da média nacional, em que ela aparece com 34%. Dilma tem 35% e Aécio tem 14%.

O coordenador da campanha de Marina, Walter Feldman, afirma que é necessário cautela ao olhar para os resultados, mas ele acredita que a candidatura da presidenciável pode ganhar ainda mais impulso nos próximos dias com revelações sobre corrupção na Petrobras. A revista ‘Veja’ que começa a circular hoje irá divulgar o teor do depoimento do ex-diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa sobre desvios de dinheiro da empresa para partidos e políticos.

Números do DatafolhaArte%3A O Dia

“Com essa capa da Veja, a situação pode ficar dramática. Isso pode ser favorável para a Marina, pois reforça a busca pela nova política”, avalia.

Segundo Feldman, a campanha está articulando uma visita de Marina ao Rio na semana que vem. Uma das intenções é estancar as notícias de que a candidata iria prejudicar o estado com o freio à política do pré-sal e com posições contrárias ao Rio na distribuição de royalties. “Ela está indignada. Não tem nada disso que estão dizendo. Ela não vai retirar investimentos e nem desrespeitar contratos”, afirma.

Para tentar reverter a situação, aliados da presidenta Dilma Rousseff no Rio de Janeiro programaram série de eventos nas próximas semanas com a presença da candidata. No dia 14, ela estará com Lindberg em uma carreata por cidades da Baixada. No dia 15, terá um encontro com personalidades da área da cultura na capital. Outra visita prevista, ainda sem data, é uma agenda com Pezão no Complexo da Maré.

O quadro mais preocupante para o PT está em São Paulo, estado que concentra 22% dos eleitores do país. Por lá, Marina tem 42% das intenções de voto. Dilma está 19 pontos abaixo, com 23%. O quadro se complica diante da alta rejeição da petista no estado, onde 41% dos entrevistados afirmaram que não votariam nela “de jeito nenhum”.

Entre os seis estados pesquisados pelo Datafolha, Marina Silva lidera também em Pernambuco (46% a 37%), estado natal do ex-governador Eduardo Campos (PSB). A ex-senadora aparece na frente ainda no Distrito Federal (33% a 23%).

Se as eleições fossem hoje, Dilma venceria em três dos estados pesquisados. A maior vantagem da petista é no Ceará, onde ela tem 57% e Marina, 24%. Aécio tem apenas 4%. No Rio Grande do Sul, Dilma tem 38% e a ex-ministra aparece com 30% dos votos. O senador tucano vem em terceiro, com 15%.
Já em Minas Gerais, segundo maior colégio eleitoral do país, com 10,7% dos votos, Dilma tem 35%, ficando oito pontos percentuais à frente de Marina, com 27%.

O instituto mediu também como seria a migração dos eleitores de Aécio no segundo turno. O resultado mostra que 59% dos eleitores do tucano votariam em Marina, enquanto 24% iriam para Dilma. Outros 14% anulariam e 3% não souberam responder.

Últimas de _legado_Eleições 2014