CNT/MDA aponta que Dilma e Marina crescem e Aécio cai nas pesquisas

Candidata à reeleição passou de 34,2% para 38,1% da intenção de voto e Marina subiu de 28,2% para 33,5%

Por O Dia

São Paulo - A Confederação Nacional do Transporte (CNT) divulgou ontem a terceira pesquisa de intenção de voto para presidente que encomendou ao Instituto MDA. O estudo apontou o crescimento tanto da presidenta Dilma Rousseff (PT) como de Marina Silva (PSB).

A presidenta subiu de 34,2%, apontados na pesquisa realizada entre 21 e 24 de agosto, para 38,1%. Já a candidata do PSB passou de 28,2% para 33,5% no levantamento feito entre os dias 5 e 7 de setembro.

A diferença entre as duas, que na pesquisa anterior era de seis pontos percentuais, caiu para 4,6 pontos. A margem de erro apontada pelo instituto é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos. Já o candidato Aécio Neves (PSDB) caiu de 16% para 14,7% e segue em terceiro lugar, cada vez mais distante das duas candidatas.

O candidato Pastor Everaldo (PSC) foi citado por 1% dos entrevistados. Os demais candidatos, juntos, atingiram apenas 1,1%. Dos 2.002 eleitores ouvidos, 5,9% disseram que pretendem votar em branco ou anular o voto. Dos entrevistados, 5,7% ainda não decidiram em quem vão votar. Foram consultados eleitores de 137 municípios das 5 regiões do país.

Na primeira pesquisa, realizada entre os dias 8 e 12 de agosto, ainda com Eduardo Campos na disputa, Dilma tinha 36,2% contra 22,1% de Aécio e 8,2% de Eduardo, morto em acidente aéreo no dia 13 de agosto.

Na simulação de segundo turno entre Marina e Dilma, a candidata do PSB sairia vitoriosa, mas a diferença diminuiu. De 5,9% para 2,8%. Na consulta anterior, Marina Silva aparecia com 43,7% e agora tem 45,5%. Dilma tinha 37,8% e agora tem 42,7%.

Num cenário com Dilma e Aécio Neves, a presidenta venceria por 47,5% a 33,7%. Marina Silva também venceria o candidato do PSDB por 52,2% a 26,7%.

IBOPE NO RIO

A intenção de voto para presidente da República também foi medida pelo Ibope no Rio de Janeiro e apontou uma reviravolta no estado. A presidenta Dilma Rousseff recuperou a liderança que havia perdido para Marina Silva e aparece agora com 37% contra 34% da adversária.

Na pesquisa anterior, Marina estava com 38% contra 32% de Dilma. Aécio Neves caiu de 11% para 9%. Pastor Everaldo (PSC) e Luciana Genro (Psol) têm 1%. Eduardo Jorge (PV), Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB), Mauro Iasi (PCB), Rui Pimenta (PCO) e Zé Maria (PSTU) não atingiram 1%.

Últimas de _legado_Eleições 2014