Por paloma.savedra

Rio - Os preparativos para a votação deste domingo foram encerrados na tarde deste sábado com a oficialização do Sistema de Totalização das eleições. Representantes partidários e do Ministério Público Eleitoral (MPE) participaram de uma cerimônia presidida pelo vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro, desembargador Edson Vasconcelos.

Na solenidade, que encerra os preparativos técnicos para a votação e contagem dos votos deste domingo (5), ocorre a impressão da chamada "zerézima" — relatório com o nome de todos os candidatos e legendas que concorrem no Rio, comprovando que o sistema está "limpo". Com isso, se confirma que não há votos registrados no computador central do TRE-RJ, responsável por totalizar o resultado da votação. A representante do PRTB, Bianca Novaes, assinou o relatório em nome dos partidos e coligações.

Anulação provisória

Iniciada a transmissão e contagem dos votos, depois de encerrada a votação — após as 17h —, 277 candidatos vão aparecer provisoriamente com zero voto. Eles tiveram o registro negado no TRE-RJ e aguardam o julgamento do recurso pelo Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília. Os votos deles serão contabilizados em separado e declarados nulos, caso o TSE confirme o indeferimento do registro.

Se, ao contrário, o TSE liberar as candidaturas, os votos serão validados e totalizados logo após comunicação oficial ao TRE-RJ. Os candidatos ao senado de César Maia (DEM) e Eduardo Serra (PCB) estão entre as 277 que concorrem nessa situação de "indeferidos com recurso".

Você pode gostar