Por paloma.savedra

Rio - O domingo de eleições também foi marcado pela sujeira na cidade, causada pela distribuição de materiais de campanha, como os santinhos de candidatos. Segundo a Comlurb, ao todo, foram recolhidas 350 toneladas de lixo eleitoral, ao fim dos trabalhos dos garis, na noite de ontem.

Panfletos e "santinhos" jogados no chão das ruas do RioCarlos Moraes / Agência O Dia

Ainda de acordo com com a companhia, o serviço de limpeza foi intensificado: começou às 7 horas de domingo, sendo reforçado antes e após ao término da votação, continuando na manhã desta segunda-feira. Foram destacados 2.600 garis, que tiveram o apoio de 244 veículos.

Cartazes e placas também foram retirados de vias públicas

A Comlurb também colocou à disposição do TRE uma equipe de garis e caminhões, que, sob orientação da Coordenadoria de Fiscalização da Propaganda Eleitoral do tribunal, já vinha retirando cartazes, placas e outras peças que foram colocadas nas vias públicas de forma irregular no período das 22h às 6 horas, desde o início da campanha eleitoral.

A fiscalização do Programa Lixo Zero esteve nas ruas com 102 equipes, formadas por um agente de fiscalização e um guarda municipal, que autuaram 78 pessoas por descarte de lixo no chão, 26 por desrespeitar o horário de coleta domiciliar e 7 empresas credenciadas para a remoção de grande quantidade de resíduos, totalizando no domingo 111 autuações.

Você pode gostar